Concurso CRP 16ª Região 2018 – Inscrições



  

Certame recebe inscrições dos interessados no período de 4 de dezembro de 2017 a 20 de dezembro de 2017.

O Conselho Regional de Psicologia da 16ª Região – CRP/ES divulgou que está com processo seletivo aberto para o concurso público que ofertará diversas vagas. De acordo com o edital é pré-requisito para participar do concurso possuir carteira nacional de habilitação (CNH); ter experiência comprovada em psicologia do trânsito ou psicologia e políticas públicas, ter formação superior em psicologia, ter há, no mínimo, dois anos o registro ativo no Conselho Regional de Psicologia da 16ª Região, ser domiciliado no estado do Espirito Santo e não possuir vínculos parentescos com o corpo funcional ou conselheiros do CRP da 16ª Região. Não é exigido, porém é desejável, que o candidato que for se inscrever no concurso já tenha participado de outros conselhos ou órgãos de controle social.

Para e inscrever no processo seletivo os interessados deverão se dirigir à sede do Conselho Regional de Psicologia portando cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), comprovante de endereço atual, cópia do diploma ou certificado de conclusão de curso que comprove a formação exigida de acordo com o cargo, cópia do documento que comprove inscrição no Conselho Regional Psicologia da 16ª Região (CRP16), certidão negativa de Tribunal de Justiça do Espirito Santo e negativa da Justiça Federal, de prontuário do DETRAN e atestado de antecedentes criminais. É necessário também levar o comprovante de pedido de inscrição em processo seletivo assinado.

As inscrições serão realizadas a partir do dia 4 de dezembro de 2017 iniciando às 8h30 até o dia 20 de dezembro de 2017 finalizando às 17h30. É válido lembrar que não serão aceitas inscrições via fax ou correspondência e de forma alguma será realizada a inscrição fora do prazo citado acima.

A seleção será realizada em três etapas. Na primeira será avaliada a documentação. Na segunda etapa será avaliada a documentação de acordo com os critérios de avaliação, que somará a pontuação para o candidato. A pontuação máxima será de 100 pontos e será avaliado exercício profissional do candidato, qualificação profissional e experiência em politicas públicas. Cada um desses pré-requisitos contará com uma pontuação máxima. A pontuação máxima para avaliação de exercício profissional será de 40 pontos, a qualificação profissional contará 40 ponto e experiência com politicas públicas contará 20, totalizando os 100 pontos. Na terceira etapa do concurso será realizada uma entrevista e o candidato deverá apresentar toda a documentação original antes enviada em cópia.

Para avaliação do exercício profissional o candidato precisa apresentar cópia de documento que comprovante atuação na função nos últimos dez anos. Para o candidato que atuou em órgãos públicos o comprovante que deverá ser apresentado será um documento expedido pelo poder federal, estadual ou municipal. Esse documento precisa ser emitido em papel timbrado e estar devidamente carimbado pelo órgão expedidor, precisa constar a data e ser assinado pelo departamento pessoal / RH.





Para os que aturaram em empresas privadas o comprovante exigido será cópia da carteira de trabalho, declaração do empregador, que comprove tempo de trabalho do candidato, em papel timbrado ou com carimbo CNPJ, com data e assinada.

Já o prestador de serviço precisa apresentar o contrato de prestação de serviço além de uma declaração emitida pela empresa ou pelo setor que recebe esses serviços. Assim como já citado nos outros dois casos, o documento precisa estar em papel timbrado com o carimbo da empresa contando o CNPJ, a data e a assinatura da pessoa responsável pela emissão do documento.

Para pontuação de qualificação profissional será cobrado dois comprovantes que comprove a qualificação profissional do candidato.

Para comprovar a experiência com politicas públicas será cobrado documentos nas mesmas condições acima. A instituição emitira o documento de acordo com a atividade prestada.

Os interessados em participar do processo seletivo deve acessar o edital. Lá o candidato encontrará informações mais detalhadas das exigências e informações gerais sobre o concurso.

Por Lorena Ruiz



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *