Certame oferta 26 vagas para cargos de Nível Médio e Superior de escolaridade.

Se você estuda a fim de conquistar a tão sonhada estabilidade que a carreira pública proporciona, saiba aqui sobre uma ótima chance. No estado do Piauí, o Ministério Público (MP PI) anuncia que as inscrições para seu próximo certame serão encerradas nesta segunda-feira, dia 6 de agosto. São oferecidas 26 vagas para quem possuir escolaridade de nível médio e superior. A remuneração para os iniciantes na carreira pode chegar até R$ 6,2 mil. Confira mais detalhes sobre o concurso público do MP do Piauí na matéria a seguir.

Como posso me inscrever no certame do MP do Piauí?

Para se cadastrar no processo seletivo do Ministério Público do Piauí você deve acessar o portal da banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, também conhecido como CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/MP_PI_18). Você deve preencher o formulário eletrônico e realizar o pagamento do boleto bancário.

O prazo de inscrição começou no dia 18 de julho (quarta-feira) e permanecerá aberto até a segunda-feira, dia 6 de agosto. Não fique de fora dessa grande chance. Aproveite e faça já a sua inscrição no certame.

O valor das taxas varia entre R$ 90 e R$ 110. O pagamento poderá ser efetuado até o dia 5 de setembro (quarta-feira).

Quem é pessoa com necessidade especial (PNE), doador regular de sangue ou de medula óssea, estiver desempregado, pertencer à família de baixa renda, ou tenha trabalhado como mesário nas eleições pode solicitar isenção do pagamento.

Sobre as vagas oferecidas no MP PI

O edital oferece 26 vagas, sendo 17 para o cargo de técnico ministerial da área administrativa e 9 para a função de analista ministerial. As especialidades disponíveis para esse posto de trabalho são: engenharia civil, medicina, processual, psicologia e tecnologia da informação.

Há chances reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

O salário para quem ingressar na função de técnico, que exige ensino médio completo, é de R$ 4.023,03. Já a remuneração daqueles que forem aprovados como analista é de R$ 6.241,11. Para concorrer a essa função é necessário ter diploma de graduação emitido por instituição de ensino superior regular junto ao Ministério da Educação (MEC).

A jornada de trabalho semanal para todos os cargos é de 30 horas.

Sobre os requisitos e atribuições

Para tomar posse é necessário possuir escolaridade compatível com o cargo pretendido, estar em dia com as obrigações eleitorais, possuir no mínimo 18 anos de idade, estar em pleno gozo dos direitos políticos, possui aptidão física e mental, estar em dia com as exigências militares, se for do sexo masculino, entre outros.

Dentre as principais atribuições do cargo de técnico ministerial estão: prestar apoio administrativo à chefia imediata, auxiliar na elaboração, execução e avaliação de planos, projetos e programas da sua respectiva área, cumprir despachos, redigir atas, encaminhar documentos, entre outras tarefas.

O analista ministerial da área de tecnologia da informação deve realizar atividades referentes à análise e desenvolvimento de sistemas, realizar migrações de dados, monitorar utilização de bancos de dados, entre outras responsabilidades.

Sobre as etapas do concurso público do MP PI

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 120 quesitos no padrão "certo ou errado" conhecido do CEBRASPE; 2) prova discursiva – de até 30 linhas e exclusivamente para os concorrentes ao posto de analista.

A data prevista para aplicação das provas é no dia 23 de setembro (domingo), no turno da manhã para analista e à tarde para técnico. Os candidatos ao cargo de nível médio terão 4 horas disponíveis para responderem às questões, enquanto que os pretendentes à função de analista farão em 5 horas.

Para saber outros detalhes do edital, acesse o portal eletrônico do CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/MP_PI_18).

Por Melisse V.


Certame oferta vagas para o cargo de Procurador do Município de Manaus de 3ª Classe.

Se você é bacharel em Direito e estuda para ser aprovado em concurso público, saiba aqui a respeito de uma boa oportunidade. No estado do Amazonas, a Procuradoria Geral do Município do Manaus (PGM Manaus) publicou no diário oficial do dia 30 de janeiro de 2018 (terça-feira) o edital do seu próximo certame. Confira informações sobre o concurso e veja também como participar do processo seletivo.

Como posso me inscrever no concurso da PGM de Manaus?

Para se cadastrar no processo seletivo que visa prover vagas de nível superior, é necessário que você acesse o endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/PGM_MANAUS_18_PROCURADOR e preencha o formulário com seus dados pessoais.

O prazo para inscrições terá início em 9 de fevereiro (sexta-feira) e se estende até a data de 9 de março (sexta-feira). A taxa de inscrição custa R$ 250 e o boleto poderá ser pago até o dia 27 de março (terça-feira) em quaisquer agências bancárias ou dos Correios ou ainda em casas lotéricas.

A banca escolhida para organizar o certame da Procuradoria Geral de Manaus é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). Tal instituição já foi nomeada de Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE UnB).

Quais são as oportunidades disponíveis?

O edital anuncia a disponibilidade de 8 vagas, das quais há uma para pessoas com necessidades especiais (PNE), para a função de Procurador do Município de Manaus de terceira classe. Além disso, haverá formação de cadastro reserva para preencher as futuras vagas que possam surgir.

A jornada de trabalho corresponde a apenas 20 horas por semana e a remuneração oferecida para quem iniciar na carreira é de R$ 19.343,91.

Quais são os requisitos para ocupar o cargo de procurador da PGM Manaus?

Dentre as principais exigências estabelecidas no edital estão as seguintes: possuir diploma de formação de nível superior em Direito, emitido por instituição devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ter registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), possuir nacionalidade brasileira, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, se for candidato do sexo masculino, estar em pleno gozo dos direitos políticos, ter no mínimo 18 anos na data da posse e possuir aptidão física e mental.

Quais são as atribuições dessa função?

As responsabilidades do procurador municipal envolvem a cobrança de dívida ativa, a representação judicial e extrajudicial do município, a defesa de atos que sejam do interesse da administração pública municipal junto ao tribunal de contas do estado do Amazonas (TCE AM). Outras atividades referem-se à consultoria jurídica e assessoria do Município de Manaus com relação a assuntos das ciências jurídicas.

Sobre as etapas do processo seletivo

Os concorrentes serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – a ser aplicada na data provável de 20 de maio (domingo) no turno da tarde, 2) exame discursivo – com data programada para o dia 1º de julho (domingo) à tarde e 3) avaliação de títulos. Na primeira fase, os candidatos deverão responder a 150 questões no conhecido padrão CEBRASPE de “certo ou errado” sobre as seguintes disciplinas: direito constitucional, financeiro, administrativo, direito do trabalho, civil, ambiental, tributário, processual civil, direito municipal, previdenciário e processual do trabalho. Os pretendentes ao cargo de procurador terão 5 horas disponíveis para responderem a todas às questões e preencherem o cartão de resposta.

Na prova discursiva, os candidatos devem responder a 3 questões subjetivas em até 20 linhas cada uma delas. Além disso, devem elaborar uma peça jurídica de até 120 linhas. O tempo total de prova será de 5 horas.

Na avaliação de títulos serão computados pontos para as seguintes experiências comprovadas por certificados ou diplomas: especialização, mestrado, doutorado, livros publicados, artigos veiculados, entre outras.

Mais detalhes do certame

Para saber mais do processo seletivo da PGM Manaus, acesse o edital no site do CEBRASPE www.cespe.unb.br/concursos/PGM_MANAUS_18_PROCURADOR.

O concurso será válido por 2 anos, podendo haver prorrogação.

Por Melisse V.





CONTINUE NAVEGANDO: