Concurso oferta 38 vagas em cargos de Nível Médio e Superior.

Divulgado o edital do Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Pernambuco (CORE-PE) com 38 vagas e remuneração que pode chegar a mais de R$ 5 mil. As inscrições para o concurso CORE-PE já estão abertas, por isso, que tal aproveitar a oportunidade e intensificar ainda mais os seus estudos?

Concurso CORE-PE: inscrições

As inscrições para o concurso CORE-PE já estão abertas e o prazo permanece apenas até o dia 24 de dezembro. O valor da inscrição para técnico de nível médio é R$ 15,00 e para superior o valor corresponde a R$ 16,00.

A banca responsável pelo certame é a INAZ do Pará e as inscrições podem ser feitas por meio do link: http://paconcursos.com.br/v1.

Oportunidades do concurso CORE-PE

O certame oferece um total de 38 vagas, sendo 8 para provimento imediato e o restante para cadastro reserva. Os aprovados no concurso serão lotados em Recife e Caruaru. Para nível médio, tem oportunidade para o cargo de auxiliar administrativo, que conta com 5 vagas e 18 cadastro reserva.

Outra oportunidade para nível médio, é para a função de fiscal, que conta com 1 vaga e 4 para cadastro reserva. O interessado também deve ter carteira nacional de habilitação de, pelo menos, categoria B. A remuneração inicial corresponde a R$ 1.879,12.

Em relação ao nível superior, tem oportunidade para o cargo de assistente jurídico, sendo uma vaga e 4 de cadastro reserva. Também há 1 vaga e 4 para cadastro reserva para o cargo de contador. A remuneração inicial na carreira corresponde a R$ 5.100,47.

Concurso CORE-PE: provas

O concurso CORE-PE será composto por meio de provas objetivas, que terão caráter eliminatório e também classificatório. A prova vai abordar disciplinas como português, raciocínio lógico, informática e também conhecimentos específicos, que mudam de acordo com o cargo.

As provas serão aplicadas, na data prevista, em Recife no dia 24 de fevereiro, sendo que os locais e horários ainda serão divulgados, por isso, os interessados devem ficar atentos. Para nível superior, além das provas objetivas, também terá prova de redação.

Para nível superior, a prova objetiva terá 10 questões de português e 10 de informática com peso 1, e 30 de conhecimentos específicos, que terão peso 2. Nível médio, será 10 questões de português ( peso 1), 5 questões de raciocínio lógico ( peso 1), 5 informática (peso 1) e 20 de conhecimentos específicos ( peso 2).

Dicas de estudo para o concurso CORE-PE

O interessado deve fazer um planejamento de estudo de acordo com o edital publicado, que pode ser acessado por meio do link: http://paconcursos.com.br/v1/wp-content/uploads/2018/11/EDITAL-001-2018.pdf.

O documento deve ser lido com atenção, sobretudo as disciplinas, peso de cada conteúdo, data das provas e prazo de inscrição. Não deixe para fazer o pagamento da taxa no último dia do prazo.

Organize a sua rotina e monte um cronograma de estudo. Para isso, organize as suas prioridades do dia a dia como trabalho, faculdade, ou outros compromissos.

Defina o seu horário de estudo, para distribuir as disciplinas. Priorize os conteúdos que tenham um prazo e um peso maior.

Lembre-se de que todo esforço será recompensado. Portanto, aproveite o tempo livre dos fins de semana e feriado para estudar, revisar algum conteúdo ou fazer ainda mais exercício.

Ao estudar mantenha-se concentrado e não perca tempo com redes sociais ou aplicativos de celular. Mantenha o seu foco e procure estudar com vontade para absorver o conteúdo e reter o aprendizado.

Procure manter uma alimentação saudável e não abra mão de fazer atividade física. A grana está curta? Invista em uma caminhada, por exemplo.

Estude para o concurso CORE-PE por meio de livros e apostilas atualizadas com o edital. Cuidado para não comprar livros antigos ou desatualizados.

Compartilhe a notícia nas suas mídias sociais e muito sucesso nos seus estudos!

Por Babi

Concurso


Novo concurso da SEFAZ de Alagoas terá seu Edital divulgado em breve e ofertará 80 vagas de emprego.

Nova oportunidade de cargos estáveis para o setor de servidor público está prestes a ser aberta.

Trata-se do novo edital de concurso para o provimento de cargos no órgão da Secretaria Estadual da Fazenda de Alagoas, ou o Concurso SEFAZ do Estado de Alagoas, edição de 2018/2019.

Este processo seletivo pretende prover cerca de 80 postos de trabalho. Recentemente foi anunciado o definitivo despacho para a autorização do certame, por meio do governo do estado de Alagoas, no sentido de que o processo siga em frente. Desde o mês passado, outubro, o departamento de comunicação deste órgão fez divulgar a informação que o novo edital está programado para divulgação neste mesmo mês de novembro. Entretanto, a banca responsável pela organização ainda deverá ser determinada nos dias vindouros.

Sobre as vagas as informações são as seguintes:

A distribuição das vagas se dará do seguinte modo: 45 delas serão diretamente destinadas ao cargo na função de Auditor Fiscal na Receita Estadual e as demais 35 vagas reservadas ao cargo de Auditor de Finanças e de Controle de Arrecadação.

Sobre os vencimentos:

As remunerações poderão atingir o valor de R$ 11,5 mil e R$ 8 mil, respectivamente. Todas as provas objetivas estão previamente agendadas para realização entre o mês de fevereiro e de março de 2019, além de uma avaliação discursiva suplementar que deverá ser ministrada no processo seletivo.

Outra fase de estruturação deste certame do SEFAZ-AL consiste na formação da comissão regente que se dará em breve. Este grupo de trabalho é de grande importância, consistindo em um passo decisivo para a publicação definitiva do documento do edital. O papel da referida comissão é imprescindível para a consecução das etapas da divulgação do mesmo edital, entre elas, a escolha da empresa que organizará tudo.

Sobre as provas, conforme o modelo adotado na prova do concurso anterior seguem as informações:

Os cadernos de provas destinados aos candidatos para o cargo de Auditor Fiscal abrangerão questões de Informática; em língua Portuguesa; em Legislação Tributária do ICMS; em Direito Constitucional; em Direito Administrativo; em Direito Tributário; em Direito Civil; em Direito Penal; em Contabilidade privada; em Estatística; em Noções de Economia e em Raciocínio Lógico.

Com relação às provas destinadas aos concorrentes ao cargo de Auditor de Finanças, os conteúdos serão os seguintes: nos conhecimentos de Informática; em língua Portuguesa; em Economia; em Direito Administrativo; em Direito Constitucional; em Direito Financeiro; em Direito Tributário; em Finanças Públicas; em Estatística; em Contabilidade Pública e em Raciocínio Lógico.

Este novo processo seletivo para cargos no SEFAZ-AL de 2018 consiste em um certem de urgência, dado que a pasta do órgão conta com um grande número de servidores prestes à aposentadoria compulsória. Esta informação havia sido anteriormente confirmada por meio de notícia publicada no órgão, desde o segundo semestre do ano passado, 2017. Atualmente, o órgão conta com dois grupos de servidores na função de auditores: o primeiro deles ingressou no concurso realizado no ano de 1984 e o seguinte no ano de 2002. Portanto, há 15 anos o departamento está sem realizar um concurso e os servidores que ingressaram em 1984, na maioria dos casos, já estão em tempo de aposentadoria.

Informações essenciais sobre este certame:

Concurso público para provimento de cargos no SEFAZ-AL, de 2018; a banca organizadora ainda está por definir; o grau de escolaridade cobrada é de nível superior; o número de vagas é de 80; o valor do salário chega até 11,5mil reais; o período de inscrições será divulgado em breve, assim como o valor da taxa de inscrição e a data da prova objetiva.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso


Certame oferta vagas para o programa de residência médica 2019 da Santa Casa de São Paulo.

Divulgado o edital para o concurso ISCMP da Santa Casa de São Paulo, para o programa de residência médica referente ao ano de 2019. A banca responsável pelo concurso é a Quadrix e as inscrições já estão abertas.

Sobre o programa de residência médica

Podem participar da seleção médicos que são formados em todo o território nacional por faculdades reconhecidas ou oficiais ou também médicos que têm formação no exterior, mas contam com diploma revalidado de acordo com as normas vigentes.

O programa de residência médica tem 17 vagas para área de anestesiologia, 20 para área cirúrgica básica, 2 para cirurgia cardiovascular, 46 para clínica médica, 2 para dermatologia, 1 para infectologia, 1 para medicina da família e comunidade, 1 para medicina física e reabilitação, 2 para medicina do trabalho, 3 para neurocirurgia, 5 para neurologia, 18 para obstetrícia e ginecologia, 4 para oftalmologia, 13 para ortopedia e traumatologia, 2 para otorrinolaringologia, 1 para patologia, 29 para pediatria, 9 para psiquiatria, 10 para radiologia e diagnóstico por imagem, entre outras oportunidades.

Inscrições do programa de residência médica

As inscrições para o programa de residência médica permanecem abertas somente até o dia 5 de novembro, às 22h. O valor da taxa para participar do programa é R$ 710,00. O vencimento do pagamento será no dia 6/11.

As inscrições podem ser feitas por meio do link: https://concursos.quadrix.org.br/default.aspx.

Provas do programa de residência médica

De acordo com o edital, a primeira fase do programa de residência médica será formada por prova objetiva, que está prevista para ser aplicada no dia 25 de novembro, às 14h, em São Paulo.

Os candidatos devem comparecer ao local com, pelo menos, uma hora de antecedência. As provas objetivas serão compostas por questões de múltipla escolha e cada uma terá 5 alternativas para resposta. Essa fase será de caráter eliminatório e classificatório.

A segunda etapa do programa de residência médica será prova prática e terá o peso de 40% da nota final. Essa fase tem caráter classificatório e está previstas para ocorrer no dia 15 de dezembro em São Paulo.

De acordo com o edital, a prova prática será realizada em ambientes sucessivos, sendo 5 estações práticas que estão relacionadas às áreas básicas de pediatria, clínica médica, cirurgia, medicina preventiva e social, ginecologia e obstetrícia.

A terceira etapa do programa de residência médica é entrevista e análise curricular, e terá o peso de 10% na nota final. Está prevista para acontecer entre os dias 17 e 21 de dezembro.

A publicação do resultado final está prevista para ocorrer no dia 28 de janeiro e o início das atividades no dia 1º de março de 2019. O edital completo do programa de residência pode ser acessado por meio do link: http://www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/iscmspsanta-casa-de-sao-paulo-residencia-medica-2019.aspx

Dicas de estudo para o programa de residência médica

– Leia todo o edital com atenção e fique atento ao prazo de inscrição

– Faça um cronograma de estudo para organizar as disciplinas que devem ser vistas.

– Defina o seu horário de estudo no dia a dia

– Separe todos os materiais que vai precisar antes de começar os estudos. Isso vai ajudar você a ganhar tempo e produtividade.

– Ao estudar, deixe o celular desligado e não perca tempo com redes sociais, ou qualquer outro aplicativo que possa tirar o seu foco. É a sua concentração que fará a diferença para você compreender o conteúdo.

– Estude em um ambiente calmo e silencioso. Se não for possível estudar em casa, por exemplo, que tal procurar uma biblioteca?

– Não abra mão de fazer atividades físicas. Uma caminhada ou corrida ajudarão você a memorizar o conteúdo, manter o foco, e também a evitar ansiedade e nervosismo.

– Concentre-se nos seus estudos, na sua preparação e dê o seu melhor.

Compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais e boa sorte!

Por Babi

Concursos


Concurso oferta 34 vagas distribuídas entre os cargos de Administrador Judiciário, Contador Judiciário, Enfermeiro Jurídico e Médico Judiciário.

Quem tem nível superior completo e pretende conseguir aprovação em concurso público pode iniciar a sua preparação para uma ótima oportunidade. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ SP) publicou edital para diversas funções. No total, são 34 chances de trabalho na instituição pública e a remuneração oferecida vai até R$ 8,7 mil. O prazo de inscrição já está aberto. Saiba mais informações sobre o certame na matéria abaixo.

Sobre as inscrições no concurso do TJ de São Paulo

O edital estabelece o seguinte período para inscrição dos candidatos a trabalhar no TJ SP: a partir da segunda-feira, dia 15 de outubro até a terça-feira, dia 13 de novembro.

Para se cadastrar, acesse o portal eletrônico www.vunesp.com.br/busca/concurso/inscricoes%20abertas, pois só serão aceitas inscrições via internet. Você deve preencher o formulário de inscrição, imprimir e realizar o pagamento do boleto em qualquer agência bancária no valor de R$ 85, até a data de 14 de novembro (quarta-feira).

A Fundação Vunesp – Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista – é a banca do concurso.

Quem estiver em condição de desemprego ou de baixa renda, que receba até 2 salários mínimos por mês, ou ainda esteja matriculado em algum curso de graduação ou pós-graduação pode requerer isenção do pagamento.

Confira quais são as vagas anunciadas no edital do concurso do TJ SP

O TJ de São Paulo pretende preencher 34 vagas de nível superior. Os cargos disponíveis são: Administrador Judiciário (5), Contador Judiciário (20), Enfermeiro Jurídico (7) e Médico Judiciário (2).

Para ser Administrador você deve ter formação em Administração de Empresas. O salário para quem iniciar nessa carreira é de R$ 6,4 mil.

Já se você é graduado em Ciências Contábeis pode concorrer ao cargo de Contador Judiciário e receber a remuneração de R$ 7 mil. A jornada de trabalho para ambos os postos de trabalho é de 40 horas semanais.

Quem está interessado em ser enfermeiro no TJ de SP e for aprovado para o cargo receberá R$ 8,1 mil. Se você é formado em medicina receberá R$ 8,7 mil. O expediente semanal corresponde a 30 horas para ambas as funções da área de saúde.

As oportunidades são para atuação na comarca da capital do estado de São Paulo. Há oportunidades exclusivas para pessoas com deficiência (PCD) e também para negros e pardos.

Sobre os requisitos exigidos pelo TJ de São Paulo

Os principais requisitos a serem atendidos pelos candidatos são: possuir diploma de graduação emitido por instituição de ensino superior credenciada no Ministério da Educação (MEC) e ter registro ativo no respectivo conselho de classe regional.

Veja quais são outras exigências: ter idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, não possuir antecedentes criminais, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral e com o serviço militar, se for homem, nesse último caso, ter aptidão mental e física, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, entre outros requisitos.

Sobre as etapas do certame do TJ SP

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases do concurso público do tribunal de São Paulo:

1) prova de múltipla escolha – com 100 quesitos a serem respondidos em 5 horas. A data prevista para aplicação dessa etapa é no domingo, 3 de fevereiro de 2019;

2) prova de títulos – de caráter classificatório, na qual serão considerados os comprovantes de mestrado, especialização com carga horária mínima de 360 horas e doutorado.

Outras informações do edital podem ser obtidas no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br/busca/concurso/inscricoes%20abertas).

O certame será válido por 1 ano e pode ser prorrogado, caso o poder judiciário estadual julgue necessário. Essa extensão do prazo poderá ocorrer uma única vez pelo mesmo período.

Por Melisse V.


Concurso oferta 4 mil oportunidades temporárias para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário.

Foi lançado oficialmente pela Secretaria da Administração Prisional do Estado de Minas Gerais, a Seap-MG, o edital do novo processo seletivo que contempla vagas para Agente de Segurança Penitenciário. No total, são 4 mil oportunidades temporárias e para a formação de um cadastro reserva.

Quem quiser concorrer no processo de seleção precisa ter concluído apenas o ensino médio, levando-se em conta o requisito sobre a formação. As vagas são tanto para o sexo masculino como para o feminino, sendo que a carreira oferece uma remuneração inicial de R$ 4.098,45 em uma carga horária de trabalho de 40 horas por semana.

Conforme dados disponibilizados no edital, as atividades de um agente prisional são desempenhadas em um regime com dedicação exclusiva, podendo ainda esse ser em regime de plantão, seja no período da noite, em sábados, domingos e feriados. A validade do processo seletivo é igual a um ano, podendo esse ser ainda prorrogado pelo mesmo período em caso de necessidade.

A contratação é feita por um tempo determinado, conforme a lei de número 18.185/2009. Sendo assim, o tempo é de três anos, sem disposições sobre possível prorrogação referente a esses contratos.

Apesar de a contratação não ser feita de forma imediata, o processo de seleção da Seap do Estado de Minas Gerais tem a previsão de um cadastro reserva com 4 mil aprovados. A distribuição dessas oportunidades será realizada entre 18 municípios mineiros, incluindo também a capital, Belo Horizonte.

Sobre a distribuição do cadastro reserva

A distribuição do cadastro reserva será feita da seguinte forma: Poços de Caldas, com 294 vagas (240 de sexo masculino e 54 de sexo feminino); Pouso Alegre, com 141 vagas (104 de sexo masculino e 37 de sexo feminino); Unaí, com 20 vagas (14 de sexo masculino e 6 de sexo feminino); Teófilo Otoni, com 176 vagas (114 de sexo masculino e 62 de sexo feminino); Curvelo, com 123 vagas (89 de sexo masculino e 34 de sexo feminino); Barbacena, com 67 vagas (42 de sexo masculino e 25 de sexo feminino); Ipatinga, com 377 vagas (288 de sexo masculino e 89 de sexo feminino); Montes Claros, com 161 vagas (117 de sexo masculino e 44 de sexo feminino); Patos de Minas, com 114 vagas (88 de sexo masculino e 26 de sexo feminino); Uberlândia, com 159 vagas (111 de sexo masculino e 48 de sexo feminino); Governador Valadares, com 158 vagas (119 de sexo masculino e 39 de sexo feminino); Divinópolis, com 210 vagas (158 de sexo masculino e 52 de sexo feminino); Lavras, com 205 vagas (73 de sexo masculino e 32 de sexo feminino); Uberaba, com 295 vagas (220 de sexo masculino e 75 de sexo feminino); Juiz de Fora, com 246 vagas (192 de sexo masculino e 54 de sexo feminino); Vespasiano, com 118 vagas (81 de sexo masculino e 37 de sexo feminino); Contagem, com 1.157 vagas (1.041 de sexo masculino e 117 de sexo feminino); e, por fim, Belo Horizonte, com 79 vagas (41 de sexo masculino e 38 de sexo feminino).

Como se inscrever?

Para se inscrever é muito simples. Basta enviar as candidaturas pelo site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e de Capacitação, o IBFC, no endereço eletrônico https://www.ibfc.org.br/concurso/concurso_selecionado/326. Para efetivar a participação, é necessário acessar o portal da banca e preencher todo o formulário com informações cadastrais do participante.

O prazo final para enviar a sua inscrição é dia 31 de outubro. É necessário realizar o pagamento de uma taxa no valor de R$ 84, sendo pagamento feito por boleto bancário.

As inscrições que forem deferidas terão a divulgação prevista a partir da data de 7 de novembro. Vale lembrar que quem for inscrito no CadÚnico ou comprovar baixa renda, pôde solicitar uma isenção do valor da taxa até o dia 18 de outubro. Os resultados oficiais sairão dia 25 de outubro.

Etapas da seleção

As etapas da seleção do concurso da Seap-MG envolvem 4 etapas. A primeira é a de análise de títulos e com prova objetiva de 50 questões, a ser realizada no dia 18 de novembro. Na sequência é feita a avaliação psicológica dos participantes.

Ainda, é necessário garantir a idoneidade e a conduta liberada do candidato, por meio de uma investigação social. E, por fim, é realizado o curso introdutório.

Por Kellen Kunz


Certame oferta vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Quem possui formação de nível superior em Ciências Jurídicas e tem interesse de seguir a carreira na área pública pode saber nessa matéria sobre uma excelente oportunidade de trabalho na região Sul do país. O Ministério Público Estadual do Paraná (MP PR) informa que estão abertas as inscrições para o certame que vai ocupar vagas de Promotor e oferece salário inicial de R$ 24 mil.

As inscrições terminarão no mês de novembro

As inscrições tiveram início em 8 de outubro (segunda-feira). Se você tem interesse em concorrer a uma das vagas deve acessar o portal eletrônico do MP PR (www.mppr.mp.br) e se cadastrar no concurso público. Além disso, você deve pagar o boleto que custa R$ 220. O prazo será encerrado em 6 de novembro (terça-feira).

Aqueles que possuam baixa renda e estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) podem ser isentos do pagamento da taxa.

A comissão que vai organizar o concurso é do próprio ministério público do estado.

Oferta de vagas no MP PR

O edital nº 1/2018 do certame do MP do Paraná oferece 10 vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto. A remuneração para quem iniciar nessa carreira é de R$ 24.818,90.

Há oportunidades reservadas para quem é portador de necessidade especial (PNE) e também para que é afrodescendente. Os primeiros devem apresentar laudo médico e os demais serão submetidos à entrevista.

Confira os requisitos

Para concorrer a uma das chances você deve ter colado grau no curso de Direito em faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), possuir 3 anos de atividade no ramo jurídico, no mínimo, possuir idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, estar quite com as exigências militares e eleitorais, não ter antecedentes criminais, ser considerado apto mental e fisicamente, entre outros.

Concurso MP PR contempla 6 fases

O processo seletivo é composto pelas seguintes etapas:

1) prova objetiva – com 5 grupos de questões e programada para o domingo, 13 de janeiro de 2019;

2) prova escrita – prevista para ocorrer entre os dias 18 e 22 de fevereiro de 2019, de segunda a sexta-feira, e contempla 5 outros grupos de disciplinas as quais devem ser respondidas por peça prática ou dissertação;

3) Exames médicos – a fim de avaliar a sanidade mental e física dos candidatos;

4) sindicância – sob a responsabilidade da Corregedoria Geral do Ministério Público do Estado do Paraná;

5) prova oral – a qual será gravada por vídeo e áudio e está prevista para ser aplicada entre os dias 5 e 16 de agosto de 2019 em local e horário a serem divulgados pela banca do certame;

6) prova de títulos – para a qual o concorrente deve entregar documentos comprobatórios para as seguintes atividades: aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), trabalhos jurídicos, exercício de magistério, exercício na carreira do Ministério Público, curso de doutorado, especialização ou mestrado, entre outras.

Saiba quais são as matérias cobradas na prova de múltipla escolha: direito eleitoral, penal, civil, constitucional, tributário, filosofia do direito, sociologia jurídica, previdenciário, processual civil, medicina legal, processo penal, direito do consumidor, direito sanitário, da infância e da juventude, execução penal, ambiental, entre outras disciplinas.

Mais informações sobre a seleção do MP do Paraná

O Ministério Público do estado do Paraná informa que o concurso será válido por até dois anos. Esse prazo, caso seja do interesse da instituição, será prorrogado, contando da data de homologação, uma única vez.

Não fique de fora. Acesse o site www.mppr.mp.br para se informar sobre mais detalhes do edital e aproveite para se cadastrar no concurso público do MP PR.

Por Melisse V.


Certame recebe inscrições dos interessados até o dia 5 de novembro de 2018.

Aqui vai uma boa notícia para quem estuda para concursos. A Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE MA) publicou o edital do seu próximo certame que vai ocupar vagas para Defensor Público com salário inicial de R$ 26 mil.

Se você quer conquistar uma ótima remuneração como essa e morar na bela região Nordeste do país, aproveite essa oportunidade. As inscrições começaram na segunda-feira, 15 de outubro.

Saiba mais informações sobre o concurso da DPE MA a seguir.

Confira informações sobre o procedimento para inscrição

O prazo de inscrição começou no último dia 15 de outubro (segunda-feira). Os candidatos devem entrar no link da Fundação Carlos Chagas (FCC) – www.concursosfcc.com.br/concursoInscricaoAberta.html, responsável pelo concurso, fazer o cadastro preenchendo o formulário e lembrando de imprimir e pagar o boleto bancário. A taxa custa R$ 229.

O último dia de inscrição é também o prazo final para pagamento, segunda-feira, 5 de novembro. Não deixe essa chance passar. As inscrições serão realizadas apenas online.

Veja os casos que é possível obter isenção do pagamento: eleitor que trabalhou como mesário na justiça eleitoral do Maranhão, se você é doador de sangue com regularidade ou doador de medula óssea. A data final para solicitar isenção é sexta-feira, dia 19 de outubro.

Veja quais são oportunidades disponíveis na DPE do Maranhão

O certame visa ocupar 8 vagas para novos servidores na função de Defensor Público da 1ª Classe.

Há chances exclusivas para quem se autodeclarar preto ou pardo e portador de necessidade especial (PNE).

O valor do salário para quem iniciar a carreira na DPE MA é de R$ 26.125,15.

Sobre os requisitos para tomar posse na DPE MA

Para participar da seleção você deve ser formado em Direito, possuir registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ter idade mínima de 18 anos, possuir 3 anos de atividade jurídica, no mínimo, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, estar em pleno gozo dos direitos políticos, ter aptidão física e mental, entre outros.

Certame da DPE MA contará com 4 etapas

Os candidatos serão examinados nas seguintes fases:

1) prova de múltipla escolha – com 100 quesitos – com data marcada para a tarde do sábado, 15 de dezembro. O tempo de duração da prova é de 5 horas;

2) prova discursiva – em que os candidatos devem responder a duas questões subjetivas e duas peças processuais em 4 horas de avaliação. A data dessa etapa é 16 de dezembro (domingo);

3) prova oral – cuja data será divulgada pela comissão do concurso;

4) prova de títulos – na qual os concorrentes devem apresentar certificado de curso de aperfeiçoamento, especialização, diploma de doutorado ou mestrado, comprovante de aprovação em concurso, livros publicados, estágio em Direito, exercício como Defensor Público ou atuação no magistério.

Veja as matérias que vão ser cobradas na fase número 1: direitos humanos, constitucional, execução penal, direito da criança e do adolescente, direito civil, legislação referente à defensoria pública, direitos difusos e coletivos, processual penal, direito agrário e comercial, administrativo, do consumidor, processual civil, formação humanística e direito penal.

Outros detalhes sobre o concurso da DPE do Maranhão

Para saber outras informações do edital do concurso público da Defensoria Pública Estadual do Maranhão, acesse o portal eletrônico da FCC www.concursosfcc.com.br/concursoInscricaoAberta.html.

O processo seletivo terá 2 anos de validade. Se o órgão entender que é de seu interesse, poderá estender o prazo por mesmo período, uma só vez, contando a partir da data em que for homologado.

Não deixe essa excelente oportunidade passar. Faça sua inscrição e inicie já a sua preparação para ser defensor público. Além de estabilidade laboral, você conquistará um ótimo salário.

Por Melisse V.


Concurso do TJ SP 2018 oferta 310 vagas para o cargo de Juiz Substituto.

Mais um grande certame público está oficialmente aberto. Trata-se do processo seletivo para o provimento de cargos no órgão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O período de inscrições iniciou em setembro, e este novo edital de concurso público se destina ao cargo de Juiz Substituto. Este é o Concurso TJ-SP para Juiz de 2018. O objetivo do evento está no preenchimento de até 310 postos. Deste total de vagas, 16 serão previamente reservadas aos candidatos que são pessoas com deficiência e mais 62 delas serão destinadas aos candidatos afrodescendentes. A banca organizadora ficará por conta da Fundação Vunesp, ou seja, sob a responsabilidade desta instituição.

O cargo de magistratura exige do candidato aprovação em concurso público de provas e de títulos; ser de nacionalidade brasileira; estar quite com os deveres eleitorais e, no caso de concorrente do sexo masculino, estar quite com os deveres militares; possuir bacharel na área de Direito, ao menos há três anos, cujo certificado deverá ser conferido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC; possuir experiência de três anos na atividade jurídica na data desta inscrição de concurso, exercida por meio da conquista do grau de bacharel em Direito; possuir a devida aptidão física e mental para assumir as funções das atribuições do cargo; não possuir registro de antecedentes criminais; não estar passando por processo; não ter passado por penalidades devido à prática de atos desabonadores dentro do exercício profissional.

O valor da remuneração deste cargo de Juiz Substituto está em 24.818,71 reais.

Sobre o período de inscrição para o Concurso TJ SP, cargo de Juiz, 2018, as informações são as seguintes:

As inscrições deverão ser realizadas por meio da internet, acessando o site oficial da banca organizadora deste processo seletivo: www.vunesp.com.br. O prazo iniciou às 09h do dia 17 do mês de setembro de 2018 e estender-se-á até às 16h do dia 16 do mês de outubro de 2018. O valor da taxa de inscrição está estipulado em 248,18 reais.

Este processo de seleção compreende fases distintas e provas, portanto, seguem as informações:

O certame público para cargos no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, de 2018, consistirá em uma prova objetiva de tipo seletiva; uma prova discursiva; uma prova prática sobre sentença; a inscrição definitiva; a abertura de sindicância sobre a vida pregressa e a devida investigação social sobre o histórico do concorrente; a realização dos exames de sanidade física e sanidade mental; o exame em avaliação psicológica; a avaliação oral e a avaliação dos títulos.

Deste modo, a prova objetiva de tipo seletiva será ministrada na data previamente agendada para o dia de 02 do mês de dezembro de 2018, cujo início se dará às 13h e terá duração oficial de quatro horas. A divulgação do gabarito oficial desta mesma prova objetiva seletiva se dará, no máximo, em três dias, seguidos à sua realização, cuja publicação será impressa no Diário da Justiça Eletrônico e também divulgado nos sites da banca organizadora e do próprio Tribunal.

A avaliação rigorosa será a seguinte:

Serão considerados habilitados nas provas objetivas seletivas, os concorrentes que obtiverem o mínimo de 30% do acerto no preenchimento das questões em cada bloco. Satisfeita esta condição, o candidato deverá atingir, na seleção, a média básica final de um mínimo de 60% dos acertos do total que se refere à soma algébrica das notas nos três blocos.

Por Paulo Henrique dos Santos


O concurso previsto da Prefeitura de Cuiabá, no Mato Grosso, visa oferecer 2 mil vagas na área da Educação.

A Prefeitura de Cuiabá (MT) está se preparando para o lançamento de um novo edital, desta vez para o concurso que irá oferecer 2 mil vagas na área da Educação. Segundo Emanuel Pinheiro, prefeito da cidade, o objetivo destas contratações é para suprir as vagas que estão abertas na rede municipal de ensino e que precisam ser preenchidas o quanto antes. Alex Vieira Passos, secretário de Educação, informou que o edital deve ser lançado nos próximos meses, no máximo até dezembro e que as provas seriam realizadas já no primeiro semestre do ano que vem.

De acordo com a nota divulgada pela Prefeitura de Cuiabá, todos os estudos necessários estão sendo finalizados para que o concurso seja realizado de forma transparente, com lisura e seguindo os princípios legais, respeitando os limites financeiros da cidade. De acordo com o secretário, o importante agora é certificar-se que haja um equilíbrio entre a gestão da Educação, de forma que todas as demandas possam ser atendidas.

Para o secretário de Educação, esse concurso é uma das prioridades atuais e que o município tem hoje uma necessidade específica e questões que precisam ser resolvidas o quanto antes, mas a atual gestão também prioriza a valorização de todos os servidores da Educação, por isso tem feito investimentos buscando a qualificação destes profissionais, para que a rede municipal possa ser atendida e a população conte com um serviço de melhor qualidade.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, a realização do concurso oferecendo as 2.000 vagas na Educação, será importantíssimo para que todas as funções necessárias sejam promovidas e o poder público possa oferecer um serviço com bom desempenho a toda população. Pinheiro disse que é mais um compromisso assumido em sua gestão e que em breve será cumprido, além de ser um ato de valorização do servidor público. Com esse concurso, os mais de 50 mil alunos da rede municipal passarão a ter uma Educação de qualidade.

Vale ressaltar que o último edital foi publicado no primeiro semestre deste ano e também foi para a área de educação, porém, acabou sendo suspenso o certame por ordem do Tribunal de Contas. A prefeitura de Cuiabá, através de suas Secretarias de Gestão, comunicação a suspensão do processo seletivo simplificado, onde seriam feitas várias contratações temporárias, que deveriam ocorrer agora no segundo semestre.

Até chegaram a divulgar a seleção, como forma de suprir todas as demandas na rede municipal de ensino, os profissionais ficariam nos cargos até realizar este novo concurso, previsto para o ano que vem. Foram 3.785 vagas para cargos de nível médio e também superior, com lotação nas unidades educacionais das seguintes regiões: sul, leste, norte, oeste e também na zona rural.

Era para ser feita a contratação de vários profissionais temporários, para as áreas de ciências, língua portuguesa, geografia, educação física, pedagogo, educação artística, desenvolvimento infantil, matemática, entre outras. Os salários variavam de R$ 1.655,54 a R$ 3.206,03. A carga horária ia de 20 a 30 horas semanais, de acordo com o cargo.

No próximo edital, a ser lançado até dezembro, as vagas deverão ser para os mesmos cargos, já que eles continuaram abertos, à espera de um profissional.

As demais informações ainda não foram divulgadas para este novo concurso na área de Educação em Cuiabá, pois não se sabe quando serão as inscrições, nem o valor da taxa de inscrição, nem quando as provas serão realizadas e muito menos qual é a banca organizadora, porém, uma coisa é certa, o concurso já foi autorizado e serão 2 mil vagas oferecidas. Os interessados já podem intensificar os estudos porque não irá demorar muito para o edital ser lançado e as inscrições ficarem disponíveis. Como este concurso promete ser bastante concorrido, quem estiver se preparando melhor conseguirá a tão sonhada vaga.

Por Russel


Certame da CODHAB do Distrito Federal oferta 236 vagas para cargos de Nível Médio e Superior de ensino.

Você mora em Brasília e tem interesse em trabalhar no setor público? Já estão abertas as inscrições para o concurso da Companhia de Desenvolvimento Habitacional (DF) 2018, que tem como finalidade preencher 236 vagas para os níveis médio e superior. As oportunidades são desde agente administrativo até contador.

O processo seletivo tem como finalidade preencher vagas para início imediato e formar cadastro reserva, além de oferecer vagas específicas para pessoas que são portadoras de necessidades especiais.

Tem interesse em participar? Confira, abaixo, tudo que você precisa saber sobre o concurso público aberto pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF!

Quais são as vagas oferecidas?

No total, a instituição está oferecendo 236 vagas para cargos de Ensino Médio e superior, 59 são voltadas para o preenchimento imediato e 177 são destinadas a formação de cadastro reserva, nesse caso, os aprovados serão contratados de acordo com a necessidade do órgão.

De acordo com o edital, estão abertas as seguintes vagas:


  • Agente administrativo, 80 vagas;

  • Técnico em edificações, 20 vagas;

  • Técnico em topografia, 40 vagas;

  • Administração, 28 vagas;

  • Arquitetura e Urbanismo, 20 vagas;

  • Assistência social, 12 vagas;

  • Contabilidade, 08 vagas;

  • Direito e legislação, 08 vagas;

  • Engenharia, 20 vagas.

Os salários pagãos variam de R$ 2.500,00 para os cargos de nível médio e de R$ 4.995,45 para as contratações de nível superior.

Quais são os benefícios oferecidos?

Aqueles que forem aprovados por meio do concurso CODHAB terão direito a receber vale-refeição na quantia de R$ 880,00 por mês, mais auxílio transporte com valor mínimo de R$ 220,00.

Como se inscrever?

Os interessados em concorrer a uma das vagas do concurso podem se inscrever do dia 29 de agosto até 16 de outubro de 2018. A inscrição deve ser efetuada diretamente no site da banca organizadora (http://www.quadrix.org.br), basta entrar na página, e fazer o seu cadastro, fornecendo os seus dados pessoais e profissionais.

Em seguida, será necessário arcar com uma taxa de inscrição, que é de R$ 33,50 para os cargos de nível médio e de R$ 41,50 para as vagas de nível superior. O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária, nas lotéricas e demais estabelecimentos credenciados. É imprescindível que a taxa seja paga até dia 19 de outubro, de contrário a sua participação no concurso será cancelada.

Quais são as etapas da prova?

O concurso será composto por três etapas. Em primeiro lugar, os candidatos deverão fazer uma prova objetiva, que terá 120 questões, tendo como valor 120 pontos e o objetivo de avaliar os conhecimentos e habilidades de cada concorrente. A avaliação terá 40 questões de conhecimentos básicos, 20 de conhecimentos complementares e 60 de conhecimentos específicos de cada profissão.

A prova objetiva tem caráter eliminatório e classificatório, quem não atingir a pontuação mínima exigida será desclassificado. O exame será aplicado no dia 25 de outubro e terá duração de três horas.

Na sequência, os aprovados vão fazer a comprovação de títulos, em que deverão apresentar a documentação necessária para comprovar que estão aptos a assumir os cargos para os quais foram selecionados. A terceira etapa consiste em uma perícia médica e é aplicada somente para os candidatos que são portadores de necessidades especiais.

Caso as pessoas que forem selecionadas não estiverem de acordo com as exigências do órgão, elas serão eliminadas e novos candidatos, com a pontuação adequada, serão chamados para preencher as vagas.

Para se preparar para a prova, os candidatos podem estudar desde já a partir de simulados e das avaliações aplicadas nas edições anteriores do concurso. Dessa forma, é possível ter uma noção do formato de prova aplicado pela banca organizadora.

Por Simone Leal


SEFAZ do Rio Grande do Sul oferta 50 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual em seu novo Concurso Público.

Quem reside no Rio Grande do Sul e está de olho em oportunidades em concursos públicos, precisa saber que a Secretaria da Fazenda do Estado, a SEFAZ RS, publicou na manhã da última quarta-feira, dia 12 de setembro, o seu novo edital para um certame no órgão. Para esse momento, o documento que foi divulgado pelo Diário Oficial está contemplando vagas para a função de Auditor Fiscal da Receita Estadual.

Ficou interessado e quer mais informações sobre como fazer para participar? Então fique ligado que nós te damos todas as dicas para não ficar de fora. Vamos a elas.

Sobre as vagas

O salário inicial divulgado para o cargo de Auditor Fiscal é de R$ 20.463,50. No total, serão ofertadas 50 oportunidades. Essas possuem o requisito principal da formação em nível superior.

As áreas desejadas são: Tecnologia da Informação, Engenharia, Ciências Jurídicas e Sociais, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis e Administração.

Outros requisitos

Além da formação, ainda há outros requisitos importantes para participar. Sendo assim, em caso de candidatos do sexo masculino, esses precisam estar quites para com as suas obrigações militares.

Além desse, ainda é preciso: ter a idade mínima de 18 anos já completados na data de sua posse; estar em dia com as suas obrigações eleitorais; e ter comprovada a sua aptidão psíquica e física para o cargo, apresentando laudo médico com emissão do órgão oficial de saúde do Rio Grande do Sul.

Como faço para me inscrever?

Para se inscrever para o cargo de Auditor, é muito simples. Basta acessar o site da banca organizadora, o CESPE, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos. Vale lembrar que essas ainda não começaram, sendo o prazo para a inscrição dos dias 15 de outubro até 13 de novembro.

Ainda, será cobrada uma taxa para a inscrição dos candidatos. Essa é no valor de R$ 187,77. O pagamento desse valor poderá ser feito até o prazo final de 27 de dezembro de 2018.

Etapas do certame da SEFAZ-RS

O certame da Secretaria da Fazendo do Rio Grande do Sul será realizado em apenas uma etapa. Nessa, serão aplicadas um total de 3 provas objetivas, sendo divididas essas em blocos I, II e III.

A previsão é de que os exames ocorram nos dias 2 e 3 do mês de fevereiro de 2019. No primeiro dia, as provas ocorrerão no período da manhã e, no segundo dia, na parte da manhã e tarde.

Foi informado que a duração dos exames varia de 4 a 5 horas, dependendo do bloco. No total, os participantes irão responder 220 questões sobre as mais diversas disciplinas, como língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, contabilidade, direito penal, direito civil, direito empresarial, e muito mais. As provas irão até o valor máximo de 130 pontos.

Segundo edital da SEFAZ-RS

Além do edital mencionado na matéria, ainda está com as inscrições abertas um segundo edital para a SEFAZ-RS. Trata-se do certame que busca o preenchimento em vagas como Assistente Administrativo Fazendário e como Técnico Tributário do órgão.

Cada cargo recebeu um total de 50 oportunidades, com salários que variam de R$ 3.040 (Assistente) a R$ 9.300 (Técnico). As inscrições podem ser realizadas também pela Internet, no endereço já divulgado para o processo seletivo anterior.

Para as vagas de Técnico Tributário é cobrada uma taxa de R$ 187,77. Já para o de Assistente, esse valor é de R$ 82,25.

Vale lembrar que as inscrições seguem abertas somente até o dia 26 de setembro. Portanto, falta muito pouco para o seu encerramento oficial.

Para o cargo de Técnico, a seleção será por meio de prova objetiva, com um total de 160 questões de assuntos variados. Já para Assistente Administrativo, o exame totaliza 80 questões.

Para esse processo seletivo, as provas ocorrerão em Porto Alegre, no dia de 1º de dezembro para o cargo de Assistente. Já para o dia 2 de dezembro, as provas estão reservadas para o cargo de Técnico.

Por Kellen Kunz


Concurso da Polícia Militar de São Paulo 2018 está oferecendo 2.700 vagas para a função de Soldado.

Você mora em São Paulo e quer ser policial? Uma oportunidade de realizar esse objetivo é por meio do Concurso Polícia Militar (SP) 2018, que está oferecendo 2.700 vagas para a função de Soldado. Os cargos serão ocupados em diferentes cidades paulistas. O edital do certame já foi divulgado e os interessados podem se inscrever até o mês de setembro.

Alguns dos municípios em os contratados irão trabalhar são Sorocaba, São Paulo, Araçatuba, Campinas, Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Santos, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Quer saber mais? Confira, abaixo, mais informações sobre o concurso público para polícia militar de São Paulo!

Quem pode participar?

Para participar do concurso, os interessados devem se enquadrar nos requisitos exigidos pelas instituições, como ser brasileiro, ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos, apresentar estatura mínima de 1,55m para mulher e 1,60m para homem.

É imprescindível que o participante tenha aptidão física adequada para o desenvolvimento das suas funções, higidez mental e física, ter um perfil psicológico apropriado, estar em dia com as suas obrigações eleitorais e militares, no caso dos homens. Em se tratando de quem já é militar, é necessário estar classificado, pelo menos, no comportamento ‘’bom’’ e não ter cometido nenhuma transgressão disciplinar grave nos últimos dois anos.

Além disso, é preciso ter concluído o Ensino Médio, ter habilitação para conduzir veículos a partir da categoria B, ter boa reputação, conduta social e idoneidade. Não pode se inscrever para o evento aquelas pessoas nos últimos cinco anos foram responsabilizadas por danos ao patrimônio público em qualquer área do governo.

Quais são as atribuições do soldado?

O dia a dia do policial militar consiste em realizar o policiamento ostensivo e preservar a ordem pública, incluindo repreender eventuais infrações administrativas e penais e a aplicação da lei, nas suas variadas formas de atuação, levando em consideração a defesa da vida, a dignidade do ser humano e a integridade física.

O profissional deverá agir de acordo com os princípios doutrinários definidos para a polícia comunitária, de gestão pela qualidade e de direitos humanos transmitidos a partir da conclusão com aproveitamento do curso técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, com o intuito de formar policiais com solidez teórica e prática.

Quais são os benefícios oferecidos?

Os contratados vão receber um salário inicial de R$ 3.243,70, que é composto por parcelas de R$ 1.226,03 oriundo do Regime Especial de Trabalho Policial, mais R$ 691,64 referente à insalubridade.

Como se inscrever?

Tem interesse em conquistar uma das vagas disponibilizadas pela Polícia Militar? As inscrições devem ser feitas do dia 09 de agosto até o dia 10 de setembro de 2018 até às 23h59.

Inscreva-se diretamente no site da banca organizadora Fundação VUNESP (www.vunesp.cpm.br), selecione o concurso do seu interesse, e faça a sua inscrição, fornecendo os seus dados pessoais e profissionais.

Depois de finalizar a inscrição, você terá que arcar com uma taxa de inscrição no valor de R$ 50,00, que tem que ser paga até a data de vencimento, do contrário a sua participação no certame será cancelada.

O concurso vai ser realizado em seis etapas. Primeiramente, será aplicada uma prova dissertativa de caráter eliminatório e classificatório, em seguida acontece o exame de aptidão física, e posteriormente o exame de saúde.

Os aprovados na etapa anterior vão ser encaminhados para exames psicológicos, que visam identificar características de personalidade e potencial, Por fim, são feitas a avaliação de conduta social para investigar a reputação do candidato e análise de documentos. Se comprovada a aptidão do participante para ocupar o cargo, a instituição dá início ao processo de contratação.

Por Simone Leal


Certame oferta 26 vagas para cargos de Nível Médio e Superior de escolaridade.

Se você estuda a fim de conquistar a tão sonhada estabilidade que a carreira pública proporciona, saiba aqui sobre uma ótima chance. No estado do Piauí, o Ministério Público (MP PI) anuncia que as inscrições para seu próximo certame serão encerradas nesta segunda-feira, dia 6 de agosto. São oferecidas 26 vagas para quem possuir escolaridade de nível médio e superior. A remuneração para os iniciantes na carreira pode chegar até R$ 6,2 mil. Confira mais detalhes sobre o concurso público do MP do Piauí na matéria a seguir.

Como posso me inscrever no certame do MP do Piauí?

Para se cadastrar no processo seletivo do Ministério Público do Piauí você deve acessar o portal da banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, também conhecido como CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/MP_PI_18). Você deve preencher o formulário eletrônico e realizar o pagamento do boleto bancário.

O prazo de inscrição começou no dia 18 de julho (quarta-feira) e permanecerá aberto até a segunda-feira, dia 6 de agosto. Não fique de fora dessa grande chance. Aproveite e faça já a sua inscrição no certame.

O valor das taxas varia entre R$ 90 e R$ 110. O pagamento poderá ser efetuado até o dia 5 de setembro (quarta-feira).

Quem é pessoa com necessidade especial (PNE), doador regular de sangue ou de medula óssea, estiver desempregado, pertencer à família de baixa renda, ou tenha trabalhado como mesário nas eleições pode solicitar isenção do pagamento.

Sobre as vagas oferecidas no MP PI

O edital oferece 26 vagas, sendo 17 para o cargo de técnico ministerial da área administrativa e 9 para a função de analista ministerial. As especialidades disponíveis para esse posto de trabalho são: engenharia civil, medicina, processual, psicologia e tecnologia da informação.

Há chances reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

O salário para quem ingressar na função de técnico, que exige ensino médio completo, é de R$ 4.023,03. Já a remuneração daqueles que forem aprovados como analista é de R$ 6.241,11. Para concorrer a essa função é necessário ter diploma de graduação emitido por instituição de ensino superior regular junto ao Ministério da Educação (MEC).

A jornada de trabalho semanal para todos os cargos é de 30 horas.

Sobre os requisitos e atribuições

Para tomar posse é necessário possuir escolaridade compatível com o cargo pretendido, estar em dia com as obrigações eleitorais, possuir no mínimo 18 anos de idade, estar em pleno gozo dos direitos políticos, possui aptidão física e mental, estar em dia com as exigências militares, se for do sexo masculino, entre outros.

Dentre as principais atribuições do cargo de técnico ministerial estão: prestar apoio administrativo à chefia imediata, auxiliar na elaboração, execução e avaliação de planos, projetos e programas da sua respectiva área, cumprir despachos, redigir atas, encaminhar documentos, entre outras tarefas.

O analista ministerial da área de tecnologia da informação deve realizar atividades referentes à análise e desenvolvimento de sistemas, realizar migrações de dados, monitorar utilização de bancos de dados, entre outras responsabilidades.

Sobre as etapas do concurso público do MP PI

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 120 quesitos no padrão "certo ou errado" conhecido do CEBRASPE; 2) prova discursiva – de até 30 linhas e exclusivamente para os concorrentes ao posto de analista.

A data prevista para aplicação das provas é no dia 23 de setembro (domingo), no turno da manhã para analista e à tarde para técnico. Os candidatos ao cargo de nível médio terão 4 horas disponíveis para responderem às questões, enquanto que os pretendentes à função de analista farão em 5 horas.

Para saber outros detalhes do edital, acesse o portal eletrônico do CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/MP_PI_18).

Por Melisse V.


Certame oferta 60 vagas de emprego para o cargo de Analista Jurídico.

Novo certame público está aberto. Trata-se do processo seletivo promovido pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, cujo período de inscrições iniciou no dia 24 de julho e se estenderá até o dia 22 de agosto. O edital em questão está programado para o preenchimento de 60 postos de trabalho, destinados ao cargo de Analista Jurídico. Outra informação importante é a de que, de acordo com o mesmo documento publicado, a banca organizadora será a Fundação Para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista, ou VUNESP. Será formado o chamado cadastro reserva de pessoas para o preenchimento vindouro de cargos futuramente disponíveis, ou que sejam criados ao longo do tempo de validade deste processo de seleção.

Sobre a quantidade de vagas, as informações são as seguintes: 10% delas serão previamente reservadas aos concorrentes portadores de deficiência e mais 20% reservadas aos candidatos afrodescendentes.

Esta função possui uma carga horária de serviço em regime de 40 horas por semana. Sobre a remuneração inicial, a mesma compõe um valor básico para o cargo em questão, chegando a 4.527,78 reais, suplementando pela Gratificação de Promotoria, a GP, no valor de 3.169,45 reais, o que totaliza um salário no valor de 7.697,23 reais. Há, ainda, os devidos benefícios que se acrescentam, ou seja, o auxílio-alimentação no valor de 920,00 reais e o auxílio-transporte no valor de 13,92 reais.

Este novo certame promovido pelo Ministério Público de São Paulo, 2018, destinado ao cargo de Analista Jurídico contemplará oportunidades de vagas para Capital paulistas e para a Grande São Paulo I, II e III; além do município de Araçatuba; em Bauru; em Campinas; em Franca; em Piracicaba; em Ribeirão Preto; em Santos; em São José do Rio Preto; em Sorocaba; em Taubaté; e no Vale do Ribeira. Em cada uma das localidades serão ofertadas cinco vagas, totalizando os 60 postos.

Todos os interessados em participar deste processo de seleção deverão preencher os seguintes pré-requisitos:

1 – Escolaridade em nível superior; 2 – Possuir habilitação legal e específica com curso superior em Bacharel na área de Direito e o certificado devidamente reconhecido; 3 – Não será necessária experiência profissional na área; 4 – Não será necessário possuir o registro profissional em órgão de classe competente; 5 – Estar disponível para atuar em uma jornada de trabalho completa, com quarenta horas por semana.

O período de inscrição para este Concurso MP-SP de 2018, destinado ao cargo de Analista Jurídico, está organizado do seguinte modo:

O prazo iniciou às 08h do dia 24 do mês de julho e estender-se-á até às 23h59, exatamente, do dia 22 do mês de agosto de 2018. Será necessário acessar o endereço eletrônico oficial da banca organizadora contratada, ou seja, a Fundação VUNESP: https://vunesp.com.br. A taxa cobrada para a inscrição está estipulada no valor de 120 reais.

Sobre as fases que compõem o itinerário desse processo seletivo, as informações são as seguintes:

O processo consistirá em provas objetivas destinadas à aferição de conhecimentos gerais, específicos e sobre as habilidades, por meio da realização das mesmas Provas Objetivas com questões em múltipla escolha e, também, por meio da Prova Escrita e da Prova Discursiva (redação), e ambos os testes serão de caráter eliminatório e classificatório neste processo.

A realização das provas objetivas, escritas e discursivas se dará nos seguintes municípios: na Capital paulista e na Grande São Paulo; em Araçatuba; em Bauru; em Campinas; em Franca; em Piracicaba; em Presidente Prudente; em Ribeirão Preto; em Santos; em São José do Rio Preto; em Sorocaba; em Taubaté e no Vale do Paraíba.

A primeira etapa, da prova objetiva, ocorrerá no dia 30 de setembro de 2018, e a segunda etapa, das provas escrita e discursiva, está agendada para o dia 25 de novembro de 2018.

Por Paulo Henrique dos Santos


Novo concurso da AGU tem previsão de ser realizado em breve.

Como 2018 está na metade, a grande maioria das instituições que vão realizar concursos públicos ainda neste ano já anunciaram todas as datas e outras informações. Visto que é necessário certo tempo de antecedência para que as organizações se preparem e consequentemente os candidatos também. Assim, já está surgindo algumas instituições que devem realizar concursos no primeiro semestre de 2019. E essa é a expectativa da Advocacia-Geral da União, a AGU. O órgão ainda está em processo de desenvolvendo todas as fases do seu processo seletivo e, por isso, a cada dia vão surgindo novidades. Confira agora as últimas notícias a respeito deste certame.

A expectativa do edital e da realização das provas

Como citado previamente no parágrafo anterior, a expectativa é que as provas aconteçam no início do próximo ano. E isso se deve a fato de que a AGU está em busca de uma banca organizadora para este certame. Com isso, algumas informações dão conta que as organizações organizadoras têm até seis meses para publicar este documento. Como as primeiras medidas sobre este concurso foram tomadas no último mês de junho, o edital tem que ser publicado até o mês de dezembro. E um documento importante como este se leva tempo para redigir, pois, precisa atender a uma série de questões. Mas, nada impede que as provas sejam realizadas antes, caso o edital também seja antecipado.

A respeito das vagas oferecidas pela Advocacia-Geral da União

Uma das informações já confirmadas dá conta que vão ser oferecidas 100 novas vagas, sendo essas oportunidades para as seguintes carreiras:

– 05 vagas para técnico em comunicação social.

– 02 vagas para técnico em assuntos educacionais.

– 01 vaga para contador.

– 01 vaga para bibliotecário.

– 02 vagas para arquivista.

– 10 vagas para analista técnico administrativo.

– 48 vagas para administrador de empresas.

Segundo alguns rumores, os vencimentos devem ser a partir de R$ 6.200,00 e também os aprovados vão ter direito a benefícios, mas ainda não se sabem quantos e quais. A Advocacia-Geral da União pede que os interessados tenham formação superior para ocupar todos os cargos. Além disso, todos sabem que nos concursos públicos realizados no Brasil, pelo menos a grande maioria deles, pede que os interessados possuam nacionalidade brasileira. Também que os candidatos homens estejam com toda a sua situação regularizada com as questões militares e as demais pessoas precisam também estar com tudo organizado em relação às últimas eleições no país. Todos esses pontos vão ser analisados quando durante o processo seletivo, e o descumprimento de alguns desses itens e também dos que vão ser conhecidos quando o edital for publicado pode levar a desclassificação.

O último exame seletivo da AGU

A última vez que a AGU realizou um concurso público foi há quatro anos, mais precisamente em 2014. Na época foram abertas também 100 novas vagas, para as mesmas funções citadas acima e também para o cargo de economista, que não se encontra para a edição de 2018 do concurso público da AGU. Os aprovados iriam ter direito a um salário que varia entre R$ 2.800,00 a R$ 5.400,00. E todos os cargos tinham uma carga horária de 40 horas semanais.

A respeito das avaliações, os inscritos realizaram uma avaliação objetiva, contendo 80 perguntas divididas da seguinte maneira:

Prova 01:

10 perguntas sobre conhecimentos gerais.

10 perguntas sobre noções de informática.

15 perguntas sobre raciocínio lógico.

15 perguntas sobre língua portuguesa.

Prova 02:

20 perguntas sobre conhecimentos específicos sobre cada uma das áreas.

Todas as duas provas foram de caráter classificatório e eliminatório. As provas aconteceram na data de 08 de junho de 2014, em dois períodos uma pela manhã e outra à tarde. Os gabaritos oficiais foram divulgados. Já a lista com o nome dos aprovados foi divulgada no mês de julho. É muito importante que os interessados neste concurso saibam dessas informações para se prepararem melhor para edição de 2018.

Para mais informações acesse: http://www.agu.gov.br.

Por Isabela Castro


Certame recebe inscrições dos interessados até o dia 24 de julho de 2018.

Quem sonha em se tornar servidor público pode conferir aqui uma boa notícia. No estado do Pará, a Secretaria de Comunicação (SECOM PA) publicou no diário oficial o edital do seu próximo concurso público que visa ocupar cargos que exigem escolaridade de nível superior. Para quem iniciar nas carreiras da SECOM do Pará, serão oferecidos salários de R$ 3 mil. Veja outros detalhes do processo seletivo a seguir.

Como posso me inscrever no certame da SECOM do Pará?

Para se cadastrar no concurso da Secretaria de Comunicação do estado do Pará você deve acessar o endereço eletrônico da banca responsável por organizar o processo seletivo, AOCP (www.aocp.com.br/index.html#concursos). Após o preenchimento do formulário, você deve imprimir o boleto e pagar até o dia 25 de julho (quarta-feira). O valor da taxa é de R$ 89.

O prazo para os interessados realizarem as inscrições teve início em 20 de junho (quarta-feira) e segue até o dia 24 de julho (terça-feira).

Caso você tenha seu nome registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e seja pessoa com deficiência (PCD) poderá solicitar isenção do pagamento.

Sobre as oportunidades oferecidas na SECOM PA

Confira quais são os cargos anunciados no edital da Secretaria do Governo Paraense: Publicitário, Relações Públicas e Jornalista. Para participar do processo seletivo, é necessário ter diploma emitido por instituição de ensino superior devidamente regulamentada pelo Ministério de Educação (MEC) na área de Comunicação Social com a habilitação para a respectiva especialidade para a qual deseja concorrer. Para a vaga de Publicitário, caso tenha formação em Publicidade e Propaganda ou em Marketing, também pode se candidatar ao cargo.

O salário ofertado para todos os cargos é de R$ 3.019,27. A jornada semanal de trabalho corresponde a 30 horas. No total, são ofertadas 7 vagas e há algumas exclusivas para pessoas com deficiência (PCD).

Quem for aprovado pode ser lotado também nos centros regionais.

Sobre os requisitos para tomar posse

Além de possuir escolaridade compatível com o cargo pretendido e de ser aprovado no certame, você deve atender aos seguintes requisitos: possuir idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, possuir aptidão mental e física, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, se for do sexo masculino, você deve apresentar documento de quitação militar, entre outras exigências.

Sobre o processo seletivo

Os concorrentes serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 50 quesitos, sendo 20 sobre conhecimentos básicos e 30 sobre conhecimentos específicos para cada cargo; 2) prova discursiva – com no mínimo 10 e no máximo 15 linhas e 3) prova de títulos.

A data prevista para aplicação das duas primeiras avaliações é no domingo, 2 de setembro, com 4 horas de duração na capital do estado, Belém. Você pode consultar o seu local de prova a partir do dia 10 de agosto (sexta-feira).

As disciplinas cobradas na prova de múltipla escolha sobre conhecimentos básicos são: Legislação Geral, Português, Noções de informática, Ética e Qualidade no Serviço Público e Raciocínio Lógico e Matemático.

Os seguintes itens serão avaliados para pontuação na prova de títulos: diploma de doutorado ou mestrado, certificado de especialização, experiência profissional na administração pública e aprovação em concurso público.

Na prova discursiva os seguintes aspectos serão avaliados: atendimento ao tema, conhecimento técnico sobre o assunto, clareza de argumentação, uso adequado da norma culta da língua portuguesa.

Mais detalhes do certame da SECOM PA

O concurso público será válido por 1 ano a partir da data em que houver a homologação e pode ter prorrogação uma única vez, a critério do governo estadual.

Para saber mais detalhes acesse o edital no site da AOCP (www.aocp.com.br/index.html#concursos).

Por Melisse V.


Certame tem previsão de ofertar 243 vagas de emprego nas funções de Técnico e Analista nos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Comece os estudos: previsto o edital do concurso do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3), que abrange os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os cargos ainda não foram definidos, mas a expectativa é que o documento seja divulgado ainda este ano, no próximo semestre.

Que tal aproveitar a oportunidade e iniciar os seus estudos para o concurso TRF 3?

Concurso TRF 3: edital na expectativa

O edital está previsto para o próximo semestre e de acordo com o portal da transparência existem 243 cargos vagos para as funções de técnico e analista. Em São Paulo, existem 229 cargos vagos e no Mato Grosso do Sul, 14.

O concurso TRF 3 é esperado por causa de uma revelação, que foi feita juíza Luciana Zanoni, que é diretora do Foro, em que falou que o Tribunal tenta fazer uma reserva financeira de R$ 6 milhões a R$ 8 milhões, para a realização do certame. Assim, a prioridade seria a realização do concurso TRF 3.

Sobre os últimos concursos TRF 3

No ano de 2013, ocorreu o último certame para a área fim do Órgão. Na época, teve oportunidades para os cargos de Técnico Judiciário, na especialidade área administrativa, e também para Analista Judiciário, nas áreas Judiciária e também Oficial de Justiça Avaliador Federal, que tem remuneração inicial que pode chegar a R$ 15 mil.

A validade do concurso TRF 3 permanece apenas até junho e não será prorrogado. Este é mais um motivo pelo qual o tão concurso TRF 3 é aguardado.

O concurso TRF 3 contempla São Paulo e Mato Grosso do Sul e ofereceu no total 33 vagas, sendo todas para o estado de São Paulo. Para concorrer ao cargo de técnico, era necessário que o candidato tivesse nível médio e para analista, superior.

Além disso, em relação ao cargo de técnico, o concurso TRF 3 teve 13 vagas, sendo 12 para especialidade informática e edificações. A remuneração inicial para a função foi de R$ 6.177, 75. Para o cargo de analista, o concurso TRF 3 teve 20 vagas, sendo 12 para a especialidade de analista administrativo da área administrativa, em que para concorrer é necessário nível superior em qualquer área de graduação.

O concurso TRF 3 também contou com 1 vaga para o cargo de Analista na especialidade de biblioteconomia, 5 para a área de contadoria, 1 para engenharia elétrica e uma para medicina, clínica geral. Como são áreas específicas, o candidato tinha que ter nível superior na área pretendida e também o registro no conselho. As remunerações para as funções eram de R$ 9.615,80.

Na ocasião, os interessados foram avaliados por meio de provas objetivas que contavam 100 questões, além de provas de estudo de caso, que foram aplicadas para todos os cargos.

Como estudar para o concurso TRF 3?

Com edital previsto para o próximo semestre, o interessado deve começar a sua preparação o quanto antes com base no último documento divulgado, que pode ser acessado por meio do link: http://www.trf3.jus.br/documentos/sege/RING_-_Concursos/2013/Edital_de_abertura_e_retificacoes/Abertura_01-2013.pdf.

O último concurso TRF 3 foi organizado pela Fundação Carlos Chagas, e a banca do próximo certa ainda não está definida. Por isso, quando a organizadora for escolhida é fundamental fazer muitos exercícios para treinar, mapear as questões mais recorrentes, conhecer as pegadinhas e os assuntos mais cobrados, para dar prioridade nos estudos.

Elabore um planejamento para organizar a sua rotina e ajudar a definir as suas metas diárias. Coloque no seu cronograma os seus compromissos fixos durante a semana e defina o seu horário de estudo.

Na hora que for estudar, concentre-se e não permita que nada retire o seu foco. Desligue redes sociais, não acesse aplicativos no celular e mantenha o foco.

Compartilhe a notícia do concurso TRF 3 nas suas redes sociais e bons estudos!

Por Babi


Concurso da Polícia Militar de Pernambuco oferta 500 vagas para o cargo de Soldado.

Aqueles que desejam seguir a carreira pública na área de segurança podem saber aqui sobre uma ótima oportunidade. O governo do estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Defesa Social informa que estão abertas as inscrições para o próximo concurso público da Polícia Militar (PM PE) que visa preencher 500 vagas para o posto de Soldado. O edital foi lançado em 8 de junho (sexta-feira). Veja outros detalhes do certame na matéria que segue abaixo.

Sobre as inscrições no processo seletivo da PM PE

Para você se cadastrar no certame é necessário acessar o portal do Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (IAUPE) www.upenet.com.br, banca organizadora do processo seletivo, preencher o formulário de inscrição e efetuar o pagamento da taxa que custa R$ 135. O boleto pode ser quitado em qualquer agência bancária, casa lotérica ou ainda pelo internet banking.

Caso você seja de família com baixa renda e possua registro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderá solicitar isenção do pagamento.

O prazo de inscrição começou em 10 de junho (domingo) e se estenderá até o dia 16 de julho (segunda-feira). A data limite para pagamento dos custos com inscrição é no dia 18 de julho (quarta-feira).

Sobre as oportunidades anunciadas no edital da PM de Pernambuco

O edital prevê que sejam contratados 500 profissionais com escolaridade de nível médio para o posto de Soldado da Polícia Militar. Aqueles que forem aprovados no curso de formação vão receber o salário no valor de R$ 2,8 mil e ainda terão direito aos benefícios como vale-refeição e gratificação de risco, totalizando o montante de R$ 3,5 mil.

Com a progressão da carreira e após o período de estágio probatório, o Soldado receberá o valor de R$ 3,9 mil.

Sobre os requisitos para tomar posse

Os principais requisitos exigidos são: possuir no mínimo 18 anos de idade, estar em pleno gozo dos direitos políticos, estar quite com as obrigações da justiça militar, ser brasileiro, não ter antecedentes criminais, possuir aptidão física e mental, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, estar em dia com as obrigações militares, caso seja do sexo masculino, ter altura de no mínimo 1,60 m se for mulher e 1,60 m se for homem.

Sobre as atribuições do Soldado

Quando assumir como Soldado, você será responsável pelas seguintes atividades: atender a ocorrências, fazer policiamento, controlar distúrbios civis, restabelecer ordem pública, prezar pela preservação da integridade dos bens e recursos, entre outras tarefas.

Sobre as etapas do concurso público da Polícia Militar do estado de Pernambuco

O processo seletivo será composto das seguintes fases: 1) prova objetiva – prevista para o dia 26 de agosto (domingo); 2) exames médicos – dentre eles: teste audiométrico, exame toxicológico, ortopédico, odontológico, neurológico, ginecológico, entre outros; 3) teste de aptidão física – no qual os concorrentes farão exercícios de natação, salto em distância, flexão de barra, corrida de 2,4 mil metros e de flexão abdominal; 4) avaliação psicológica – de caráter eliminatório e 5) curso de formação e habilitação de praças – com duração de 6 meses.

Na prova de múltipla escolha, os candidatos devem responder a 60 quesitos em 4 horas de prova e ainda realizarem a marcação do cartão de respostas, pois não será incluído tempo adicional.

As cidades nas quais serão aplicadas as provas dessa etapa são: Garanhuns, Nazaré da Mata, Petrolina, Caruaru, Arcoverde, além da capital do estado, Recife e Região Metropolitana.

O curso de formação será ministrado na cidade de Jaboatão dos Guararapes. Durante o curso, os alunos terão direito de receber uma bolsa mensal no valor de R$ 1,1 mil.

Para saber mais informações do edital, acesse o site do IAUPE www.upenet.com.br.

Por Melisse V.


Concurso oferta 86 vagas para diversos cargos. Inscrições podem ser realizadas de 25 de junho a 25 de julho de 2018.

Se você vem se preparando para participar de um concurso público. Saiba que um novo processo seletivo foi divulgado em Brasília – Distrito Federal. Visto que a Câmara Legislativa vai realizar um novo concurso para a contratação de mais de 80 profissionais.

As oportunidades são para diferentes cargos e obviamente diversas formações escolares. O período de vagas vai ser aberto no final deste mês. Então ainda há um tempo hábil de preparação para os métodos avaliativos. Veja agora as principais informações sobre este certame.

Sobre o número de vagas, funções e a banca organizadora do novo concurso público da Câmara Legislativa de Brasília

O último certame da Câmara Legislativa de Brasília aconteceu em 2006. Com mais de uma década desde o último concurso, o órgão julgou que era necessário a realização de um novo processo de contratação dessa modalidade. Para a edição deste ano, vão ser oferecidas 86 novas vagas para diversos cargos. A banca organizadora escolhida foi a Fundação Carlos Chagas.

As 86 vagas foram distribuídas por diferentes editais. Dessa forma, veja agora a lista de todas as oportunidades que estão sendo oferecidas de acordo com seus editais:

– Edital CLDF nº 01/2018. Oportunidades para cargos na área de Consultor Legislativo:

01 para Redação Parlamentar.

01 para Tributação.

01 para Meio Ambiente.

01 para Finanças Públicas.

01 para Educação, Cultura e Desporto.

01 para Direitos Humanos, Minorias, Cidadania e Sociedade.

02 para Saúde.

02 para Regulação Econômica.

02 para Desenvolvimento Urbano.

06 para Constituição e Justiça.

– Edital nº 02/2018. Oportunidades para cargos na área de Consultor Técnico-Legislativo:

01 para Taquígrafo Especialista.

01 para Produtor de Multimídia.

01 para Publicitário.

01 para Jornalista.

01 para Revisor de Texto.

01 para Pedagogo.

01 para Odontologista Perito.

01 para Médico do Trabalho.

01 para Engenheiro Eletricista.

01 para Engenheiro Civil.

01 para Economista.

01 para Bibliotecário.

01 para Assistente Social.

01 para Arquivista.

01 para Arquiteto.

02 para Relações Públicas.

02 para Psicólogo.

02 para Médico Ambulatorial/Perito.

02 para Enfermeiro.

04 para Administrado.

04 para Contador.

06 para Analista de Sistemas.

– Edital CLDF nº 03/2018:

01 para Fotógrafo.

01 para Secretário.

01 para Técnico de Arquivo e Biblioteca.

02 para Técnico em Manutenção e Operação de Equipamentos Audiovisuais.

02 para Técnico de Enfermagem.

20 para Técnico Legislativo.

– Edital CLDF nº 04/2018:

01 para Inspetor de Polícia Legislativa.

03 para Agente de Polícia Legislativa.

– Edital CLDF nº 05/2018:

Oportunidades para criação de um cadastro reserva para função de Procurador Legislativo. Para todas as vagas é necessário ter a formação necessária, seja ela técnica ou superior.

A respeito da remuneração paga aos novos concursados da CLDF

Os vencimentos estão fixados entre R$ 11.182,69 e podem chegar até R$ 30.732,64. Para conferir quais os valores para cada grupo, acesse o seguinte endereço eletrônico: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/caldf118/index.html. Nesta página está anexado os editais referentes a este certame. Clique no número do edital que a vaga que lhe interessa está inserida.

Sobre os processos seletivos adotados pelo órgão brasiliense

Como este concurso público foi dividido por diferentes grupos. É necessário explicar os métodos avaliativos por cada um desses agrupamentos:

– Para os cargos da área de Consultor Legislativo e Consultor Técnico Legislativo:

Os candidatos vão ser submetidos uma prova de múltipla escolha, testes abertos ou práticos e por fim, uma prova de títulos. A prova terá 80 questões divididas nos seguintes conteúdos: conhecimentos específicos, língua estrangeira, realidade do Distrito Federal, processo legislativo, direito administrativo, direito constitucional e língua portuguesa.

– Já os inscritos para a carreira de Procurador. Vão participar de um teste oral e também uma prova objetiva contendo 100 questões dos seguintes assuntos: direito penal e direito processual penal, realidade do distrito federal, legislação distrital e federal, direito financeiro, direito tributário e direito previdenciário, direitos difusos e coletivos, direito eleitoral e partidário, direito civil e direito processual civil, direito administrativo, direito constitucional, processo legislativo e língua portuguesa.

– Por fim, para os cargos de Agente de Polícia e Inspetor de Polícia, os métodos avaliativos são: teste de títulos, treinamento, curso de formação para um dos cargos, comprovação de conduta e idoneidade, teste psicológico, prova de capacidade física e também as já tradicionais provas de múltipla escolha contendo 60 perguntas sobre: segurança pública, direito processual penal, direito penal, direito administrativo, direito constitucional, língua estrangeira, realidade do distrito federal, processo legislativo e língua portuguesa.

As provas acontecem em Brasília, nas seguintes datas:

15 de setembro de 2018: Procurador Legislativo.

16 de setembro de 2018: Agente de Polícia, Técnico Legislativo e Consultor Legislativo.

23 de setembro de 2018: Consultor Técnico-Legislativo, Técnico Legislativo e Inspetor de Polícia Legislativa.

08 de dezembro de 2018: Fotógrafo, Técnico de Manutenção e Técnico de Enfermagem.

09 de fevereiro de 2019: Secretário e Técnico de Arquivo e Biblioteca.

10 de fevereiro de 2019: Técnico Legislativo.

Qualquer dúvida consulte os editais que estão disponíveis em um link mencionado acima.

Inscrições:

As inscrições devem ser feitas no período entre 25 de junho e 25 de julho de 2018. Através do seguinte endereço: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/caldf118/index.html. As taxas de inscrição variam entre R$ 54,00 a R$ 78.

Boa sorte!

Por Isabela Castro


Certame oferta vagas em diversos cargos de Nível Médio e Superior de escolaridade.

Se você quer conquistar uma vaga para trabalhar na esfera pública confira aqui uma ótima chance. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do estado de Minas Gerais (EMATER MG) informa que estão abertas as inscrições para seu processo seletivo que visa ocupar cargos de nível médio e superior. Após o aval de liberação do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) a empresa retomará o certame. Veja outros detalhes na matéria a seguir.

Como posso me inscrever?

Caso você já tenha realizado o seu cadastro no concurso da EMATER de Minas Gerais, saiba que sua inscrição permanece ativa.

A banca responsável pela organização do concurso permanece a Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (FADECIT), que já foi contratada.

Para os novos candidatos, o prazo será aberto a partir do dia 4 de julho (quarta-feira) e terminará no dia 10 de agosto (sexta-feira). Você deve acessar o site www.fadecit.org e preencher o formulário eletrônico. A taxa de inscrição custa entre R$ 60 e R$ 90, a depender do cargo de interesse. Se você é inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou estiver sem trabalhar pode solicitar isenção do pagamento do boleto.

Sobre as oportunidades anunciadas no edital

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de MG pretende contratar profissionais para os seguintes cargos de nível médio: Assistente Administrativo, Auxiliar Técnico – para a área de Informática, Produtor de VT e Audiovisuais – para atuação como cinegrafista e editor de imagens e Extensionista Agropecuário I. O salário inicial para quem tem ensino médio completo é R$ 2,3 mil e R$ 2,9 mil.

Quem possuir ensino superior completo pode se candidatar para os seguintes postos: Analista de Sistemas, Extensionista Agropecuário II, Assistente Técnico I, Extensionista de Bem Estar Social II, Auditor e Assessor Jurídico.

As áreas ofertadas para a função de Assistente Técnico são: Engenharia de Produção, Arquitetura e Urbanismo, Comunicação Social, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Ciências Contábeis, Administração de Empresas, Engenharia de Alimentos, Designer Gráfico, Geografia e Psicologia. Aqueles que forem aprovados terão direito a receber salários iniciais de R$ 4,2 mil até R$ 5,6 mil.

Há vagas para as seguintes cidades: Juiz de Fora, Alfenas, Uberaba, Belo Horizonte, Patos de Minas, Curvelo, Pouso Alegre, Governador Valadares, Montes Claros, Viçosa e Teófilo Otoni.

Para todos os cargos a jornada de trabalho corresponde a 40 horas por semana e serão contratados pelo regime celetista, da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Há chances exclusivas para pessoas com deficiência (PCD).

Quais são os requisitos?

Além de ser aprovado no certame e possuir escolaridade compatível com o cargo é necessário atender aos seguintes requisitos para tomar posse: estar em pleno gozo dos direitos políticos e civis, estar quite com as obrigações eleitorais, possuir aptidão física, possuir idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações militares, se for do sexo masculino, entre outros.

Sobre as atribuições dos cargos na EMATER MG

Quem for aprovado para o posto de trabalho de assistente administrativo terá como responsabilidades: controlar materiais, elaborar balancetes, atender público interno e externo, entre outras atribuições.

Por sua vez, o assistente técnico deve emitir parecer, realizar projetos, elaborar planilhas e relatórios, entre outras atividades.

Sobre o concurso público da EMATER de Minas Gerais

As provas de múltipla escolha serão aplicadas no dia 23 de setembro (domingo). Os candidatos devem responder aos quesitos em 4 horas e, inclusive, marcarem o cartão de respostas, pois não haverá inclusão de tempo extra.

O processo seletivo será válido por 2 anos.

Para mais informações do concurso acesse o portal eletrônico da FADECIT (www.fadecit.org).

Por Melisse V.


Prazo de inscrições se encerra no dia 24 de unho de 2018.

Na última terça-feira, dia 15 de maio, a Polícia Militar de Roraima (PM/RR) divulgou a abertura para inscrição em seu novo concurso público para soldados. Ao total, serão oferecidas 340 vagas para homens e 60 vagas destinadas para mulheres, com remuneração inicial no valor de, aproximadamente, R$ 4.800,00.

Os requisitos que os candidatos deverão atender para ocupar a vaga são:

  • Possuir idade superior a 18 anos e inferior a 35 anos;

  • Ter concluído o ensino médio;

  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de categoria “B”;

  • Medir a altura de 1,55 m, para pessoas do sexo feminino, e 1,60 m de altura, para pessoas do sexo masculino;

  • Ter nacionalidade brasileira;

  • Estar no pleno exercício dos direitos e deveres civis e políticos;

  • Realizar o Curso de Formação de Soldado (QPCPM), reconhecido ou autorizado pelo Ministério da Educação (MEC), após passar pelo processo seletivo;

  • Estar em dia com as obrigações militares, caso seja homem;

  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;

  • Não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva;

  • Ser aprovado em todas as Etapas e Fases do Concurso Público.

  • Possuir aptidão física e mental para exercer atividades da função;

  • Não possuir nenhum impedimento que impeça de exercer serviço público;

  • Cumprir as determinações do Edital.

Você é de Roraima e tem interesse em participar do novo concurso da Polícia Militar? Acompanhe esse texto.

Novo Concurso da Polícia Militar de Roraima

O novo concurso público da PM/RR terá a UERR (Universidade Estadual de Roraima) como banca responsável pela organização. As inscrições estão abertas até o dia 24 de junho e podem ser realizadas por meio do site da Universidade, mediante pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 180,00. Todas as oportunidades estão distribuídas, além da capital, pelos municípios de:

  • Alto Alegre;

  • Amajarí;

  • Apiaú;

  • Bonfim;

  • Boa Vista;

  • Campos Novos;

  • Cantá;

  • Caracaraí;

  • Caroebe;

  • Entre Rios;

  • Equador;

  • Félix Pinto;

  • Iracema;

  • Jundiá;

  • Mucajaí;

  • Normandia;

  • Nova Colina;

  • Novo Paraíso;

  • Pacaraima;

  • Rorainópolis;

  • Samaúma;

  • Santa Maria do Boiaçú;

  • São Francisco;

  • São João da Baliza;

  • São Luiz do Anauá;

  • São Silvestre;

  • Tepequém;

  • Uiramutã;

  • Vila de Maracá.

Novo Concurso da Polícia Militar de Roraima: a prova

O processo seletivo deste concurso terá quatro etapas, sendo:

  • prova objetiva, com 80 questões;

  • exames médicos, odontológicos, toxicológicos e de aptidão física;

  • avaliação psicológica; e

  • investigação social.

A prova será realizada no dia 19 de agosto, com duração de, no máximo, quatro horas e contará com perguntas que abordarão disciplinas como língua portuguesa, história e geografia de Roraima, atualidades, conhecimentos específicos, além de noções de direito constitucional, direito penal, direito administrativo e direito processual penal.

Concurso soldado PM/RR: detalhes sobre as provas

As demais etapas ocorrerão de acordo com a ordem de classificação dos concorrentes aprovados. Todos os classificados serão convocados para a realização do CFSd QPCPM (Curso de Formação de Soldados do Quadro de Praças Combatentes Polícia Militar), que tem duração de, no mínimo, seis meses.

Segundo o edital, o concurso da Polícia Militar de Roraima terá como validade dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois anos, decisão que fica a critério do Governo do Estado de Roraima. Segundo a banca, poderão ser classificados até 1.200 participantes, para o preenchimento das vagas abertas.

Para mais informações, acesse ao Edital ou entre em contato com a banca organizadora, por meio do telefone (95) 2121-0931 ou pelo email cpc@uerr.edu.br.

Felicia Lopes


Seleção oferta 2.033 vagas para a função de Agente Recenseador.

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Organização do Aluno Consciente (ODAC). São 2.033 vagas em diversas cidades do país. Para concorrer é preciso ter completado o ensino fundamental. Por 40 horas trabalhadas na semana é oferecido o valor de R$ 1.245 de remuneração.

As vagas são para Agente Recenseador, sendo que das oportunidades, 800 são para a área da saúde, 700 para a área da educação, 266 para agente recenseador para a área de esporte, cultura e lazer e 267 para agente recenseador para a área da habitação.

Há vagas nos seguintes estados: Mato Grosso do Sul (30), Espírito Santo (22), Alagoas (20), Rondônia (15), Pará (32), Ceará (33), Maranhão (24), São Paulo (1.163), Rio de Janeiro (41), Mato Grosso (22), Goiás (30), Acre (49), Rio Grande do Sul (28), Paraíba (20), Amapá (16), Paraná (54), Amazonas (10), Tocantins (17), Pernambuco (42), Bahia (55), Minas Gerais (26),Santa Catarina (35), Piauí (20), Rio Grande do Norte (40), Sergipe (141), Roraima (22) e do Distrito Federal (26).

Como se inscrever no processo seletivo da ODAC

A Organização do Aluno Consciente está recebendo inscrições de interessados em ocupar uma das 2.033 vagas até o dia 12 de junho de 2018. Os interessados precisa ter completado o ensino fundamental e podem realizar a inscrição em www.alunoconsciente.com.br. Todos devem pagar uma taxa para que a inscrição seja efetivada. O valor é de R$ 65.

Os candidatos serão submetidos a processo seletivo que está previsto para acontecer no dia 26 de agosto. A prova será com questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, conhecimentos gerais, matemática e atualidades. O local da prova será disponibilizado depois do término das inscrições no site da ODAC.

A prova será realizada no período da tarde, começando às 13h e terminando às 18h.

O recenseador vai visitar comércios, escolas públicas, realizar entrevistas domiciliares, entre outros. A intenção é a de obter informações básicas para ter um mapeamento da situação da educação, saúde, habitação, esporte, cultura e lazer do município de trabalho.

O horário de trabalho varia de acordo com local, podendo ser diurno ou noturno e, em alguns casos, realizado aos finais de semana.

Vagas no estado de São Paulo no processo seletivo da ODAC

São Paulo é o estado com mais vagas. Das 2.033, 1.163 oportunidades são para este estado. As vagas são para muitas cidades. Confira em www.alunoconsciente.com.br.

Por Milena Godoy


Certame tem 987 vagas de emprego abertas para Alfabetizadores e Coordenadores de turma do Programa Quero Ler.

Já estão abertas as inscrições para o processo seletivo simplificado da Secretaria de Estado da Educação e Esporte no estado do Acre. A secretaria está oferecendo 987 vagas para alfabetizadores e coordenadores de turma do Programa Quero Ler. Esse programa foi desenvolvido com o objetivo de escolarizar os alunos com idade igual ou superior a 15 anos que por algum motivo não tiveram acesso à educação básica na idade correta.

Veja as cidades e as quantidades de vagas disponíveis em cada uma delas

As 987 vagas estão divididas entre as seguintes cidades:

  • Acrelândia 5 vagas;
  • Assis Brasil 5 Vargas;
  • Bujaru 5 vagas;
  • Capixaba 40 vagas;
  • Cruzeiro do Sul 210 vagas;
  • Epitaciolândia 24 vagas;
  • Feijó 69 vagas;
  • Jordão 20 vagas;
  • Mâncio 28 vagas;
  • Plácido de Castro 11 vagas;
  • Rio branco 305 vagas;
  • Rodrigues Alves 70 vagas;
  • Santa Rosa 13 vagas;
  • Sena Madureira 36 vagas;
  • Senador Guiomard 20 vagas;
  • Xapuri 30 vagas.

Quem desejar ingressar e se tornar um bolsista em qualquer um dos cargos, deverá possuir um certificado de nível médio ou então um diploma de nível médio na formação de Magistério, graduado em cursos de licenciatura plena ou bacharelado do terceiro período ou ainda possuir diploma de conclusão de curso superior conhecido pelo MEC.

Como concorrer no processo seletivo SEE/AC

Os interessados em concorrer ao Bolsa de alfabetizador deverão formar uma turma para alfabetizar e encontrar um espaço para o funcionamento dessa turma, será dado preferência a espaços como escolas ou espaços alternativos.

As turmas formadas nas regiões urbanas deverão ter no mínimo 15 alunos e nas regiões rurais o mínimo é de 10 alunos.

As inscrições são feitas presencialmente e serão gratuitas o horário para realizá-las é das 7h30 às 12h e das 14h às 17h30 nos locais que estão estabelecidos no edital.

As inscrições também poderão ser realizadas pelo site do órgão até o dia 25 de maio às 17h30.

Para realizar a inscrição os candidatos deverão apresentar no ato a formulário de inscrição, (que está disponível no site do órgão), as fichas de matrículas dos alunos e os documentos exigidos no edital até o dia 29 de setembro.

O método de avaliação do processo seletivo será realizado através da análise curricular colhendo as informações prestadas no formulário de inscrição com a devida comprovação por documentos.

O processo seletivo irá durar 24 meses contando do dia da homologação do seu resultado final, o processo seletivo ainda pode ser prorrogado por mais 24 meses.

Além do cargo de alfabetizador o processo seletivo ainda abre vagas para o cargo de coordenador das turmas do programa quero ler um cargo que exige tamanha responsabilidade.

Para a vaga de Coordenador de turma será ofertado uma bolsa no valor de R$ 1.000,00. O bolsista deverá se dedicar 20 horas por semana para a atividade de coordenação e do acompanhamento de 20 turmas de alunos no período de 6 meses.

Já para a vaga de alfabetizador o valor destinado para o alfabetizador é de R$ 800,00 é deverá se dedicar 15 horas semanais para a interação direta com os alunos e 8 horas mensais realizando o planejamento didático pedagógico no período de 6 meses.

Caso você queira conferir o edital publicado que foi publicado no dia 7 de maio de 2018, você poderá acessar o site www.diário.gov.br. Por ser um processo seletivo promovido pelo governo estadual as chances dos candidatos a serem nomeados e contratados para realizar os serviços mais rapidamente são grandes.

Então se você deseja investir na carreira de educador ou então de coordenador de turma esse processo seletivo é um ótimo começo. Entre os processos seletivos abertos no primeiro semestre de 2018, ele é considerado um dos melhores.

Por Isabela Pierini dos Santos


Concurso oferta 250 vagas de emprego.

Um importante certame público que havia sofrido prorrogação voltou a ser anunciado, com um prazo de inscrição definido. Trata-se do processo seletivo para carreira de delegado do departamento da Polícia Civil do Estado de São Paulo, a PC-SP. O prazo de inscrição reaberto se estenderá até às 23h59 da próxima sexta-feira, dia 11 de maio de 2018. O número de postos disponíveis é de 250, dos quais 13 estão reservados exclusivamente para os candidatos com deficiência.

Esta carreira possui exigência de certificado de graduação superior na área de Direito; possuir Carteira Nacional de Habilitação, a CNH, no mínimo na categoria B; e apresentar a devida comprovação de dois anos de atuação jurídica ou mesmo em efetivo exercício em algum cargo de caráter Policial Civil.

A remuneração inicial está no valor de R$ 10.579,71, incluindo o devido adicional sobre insalubridade no valor de R$ 691,64, em conformidade com a correção de valores oficializada dentro do critério de retificação. No período que antecedeu ao da atualização, os vencimentos estavam no valor de R$ 10.199,41.

Assim, o cadastro de inscrição deverá ser realizado acessando o site da Fundação Vunesp: www.vunesp.com.br. Esta será a banca organizadora do processo de seleção. O valor da taxa de inscrição está estipulado em R$ 84,81.

A estrutura das provas deste certame seguirá o seguinte critério:

No dia 27 de maio de 2018, os todos os candidatos serão submetidos a uma prova objetiva que consistirá em um caderno com 100 questões de múltipla escolha, versando sobre os seguintes conteúdos: matéria de informática; matéria de legislação especial; matéria de medicina legal e os devidos conhecimentos sobre direito penal; direito processual penal; direito constitucional; sobre direitos humanos; direito administrativo e direito civil.

Em seguida será realizada a fase de teste escrito o qual contará com uma pergunta dissertativa e mais quatro questões discursivas. Esta fase seguirá rigorosamente três critérios: o domínio da norma culta, da coesão e da coerência textual.

Na terceira fase será realizado o teste oral, por meio de gravação de áudio e de vídeo, com conteúdos versando em cima de direito penal; direito processual penal; direito constitucional; direito administrativo; sobre direitos humanos e sobre a legislação especial. Serão analisados cinco elementos básicos no teste: o domínio de conhecimento jurídico; a capacidade de adequação de linguagem; a articulação do raciocínio sobre os temas; a competência na argumentação e a utilização da norma culta na língua.

Todos os candidatos aprovados deverão apresentar os devidos diplomas ou títulos diretamente na Academia de Polícia localizada na Praça Professor Reinaldo Porchat, número 219, na Cidade Universitária, em São Paulo. Será realizado, ao final, um curso para formação técnico-profissional no interior da Academia de Polícia intitulada, Dr. Coriolano Nogueira Cobra, situada na própria capital.

Este certame terá validade oficial de dois anos, podendo ser prorrogável por até mais dois anos, conforme o critério do mesmo órgão.

As atribuições do cargo de delegado no departamento da Polícia Civil de São Paulo são os seguintes:

– Atuar no exercício de gestão sobre os assuntos dessa atividade; atuar e presidir por meio da polícia judiciária na devida apuração de todo tipo de infração penal; atuar por meio da polícia administrativa, sabendo exercer o devido policiamento preventivo e especializado; atuar e presidir na intensa investigação criminal e nas ações necessárias atreladas; atuar em plena conformidade com as normas prescritas no Código de Processo Penal e sobre a legislação extravagante; portar com responsabilidade a arma e atuar dentro da exposição às situações de risco; atuar na mediação de conflitos.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame oferta 63 vagas de emprego e recebe inscrições dos interessados até o dia 4 de junho.

Se você estuda para ser aprovado em concurso público, fique sabendo aqui a respeito de uma ótima oportunidade na região Nordeste do país. Na terça-feira, 24 de abril a Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) publicou o edital do seu próximo certame que visa prover 63 vagas para profissionais com escolaridade de nível médio, técnico e superior. A remuneração oferecida é de até R$ 6,7 mil. Confira mais detalhes do edital na matéria a seguir.

Quais são as vagas disponíveis na COMPESA?

Se você possui ensino médio completo poderá se inscrever para o cargo de assistente de saneamento e gestão da área de assistente de gestão e serviços comerciais. O valor do salário é de R$ 1,4 mil.

Há outras especialidades disponíveis para esse mesmo cargo, mas o principal requisito é possuir curso técnico nas seguintes áreas de atuação: contabilidade, edificações, topografia, desenho técnico e mecânica. Nesse caso, o vencimento a ser percebido é de R$ 2,1 mil.

Quem tem graduação completa nas seguintes engenharias: eletrônica, civil, cartográfica, eletrotécnica e química – poderá se candidatar ao cargo de analista de saneamento e receber R$ 6,7 mil.

Aqueles com formação superior em enfermagem do trabalho, administração, gestão de pessoas e tecnologia da informação poderão se cadastrar para a função de analista de gestão. A remuneração é de R$ 6,1 mil. A carga horária por mês de trabalho é de 200 horas.

No total, são 63 chances, das quais 24 são para nível superior e 39 para médio ou técnico. Além dessas vagas, haverá formação de cadastro reserva que visa preencher as vagas que possam surgir durante o período de 1 ano, que corresponde ao prazo de validade do concurso. Esse período poderá sofrer alteração, sendo prorrogado por mais um ano, a contar da data de homologação e a critério da companhia.

Os locais de trabalho informados no edital são os seguintes municípios: Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Petrolina, Paudalho, Caruaru, Gravatá, Salgueiro, Serra Talhada, além da capital do estado de Pernambuco, Recife.

Há oportunidades reservadas para portadores de necessidades especiais (PNE).

Quem for aprovado será contratado no regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Além disso, terão direito a benefícios, tais como: participação nos resultados, auxílio educação, plano de saúde e odontológico, previdência privada, progressão de carreira, vale alimentação ou refeição, entre outros.

Como posso me inscrever no concurso da COMPESA?

Para se cadastrar no processo seletivo da COMPESA você deve acessar o site fgvprojetos.fgv.br/concursos/compesa2018 e preencher o formulário com seus dados pessoais. Lembre-se de imprimir o boleto para pagamento.

As inscrições começam a partir de 30 de abril (segunda-feira) e ficam abertas até o dia 4 de junho (segunda-feira). O pagamento da taxa pode ser efetuado até o dia 6 de junho (quarta-feira). O valor das taxas vai de R$ 69 até R$ 89,79.

Quem é inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) pode solicitar isenção até o dia 3 de maio (quinta-feira). O resultado com a listagem daqueles que foram contemplados com a isenção será divulgado no dia 21 de maio (segunda-feira).

A banca escolhida para organizar o certame da Companhia Pernambucana de Saneamento é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Sobre o processo seletivo da COMPESA

A seleção será composta de etapa única: prova objetiva a ser aplicada em 33 de julho (domingo). No turno matutino, os candidatos aos cargos de Analista de Saneamento e Analista de Gestão farão a prova de múltipla escolha com 70 quesitos. Já os concorrentes a exercerem a função de assistente de saneamento responderão a 60 questões na prova. Durante o tempo disponível da avaliação, os candidatos devem também preencher o cartão de resposta, pois não haverá adição de tempo extra.

Veja mais informações aqui fgvprojetos.fgv.br/concursos/compesa2018.

Por Melisse V.


Certame prevê a oferta de 70 vagas de emprego abertas.

Novas oportunidades empregatícias estão sendo anunciadas no sudoeste da Região Norte do Brasil. O novo certame público oficialmente inaugurado oferta vagas destinadas a diversos cargos no setor de Assistente Administrativo e setor Fiscal, cujo vencimento base inicial está no valor de R$ 1.500,00. É uma grande oportunidade para quem deseja um cargo vitalício.

Este é o mais recente o processo seletivo em andamento e com inscrições abertas. Trata-se do próximo concurso público promovido pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária pertencente ao Estado do Acre, o CRMV-AC. Este processo de seleção está sendo coordenado sob os cuidados do Instituto Quadrix, a banca organizadora contratada, já que este certame está sendo regido por meio do seu edital de número 01/2018, cuja meta principal está no provimento de postos de trabalho estáveis para cargos cuja exigência é de nível médio de formação acadêmica.

A distribuição dos cargos ofertados será realizada da seguinte maneira:

O total de postos de trabalho em aberto é de 70 vagas, embora somente duas dessas vagas estejam programadas para imediata contratação, em caráter efetivo, e as demais comporão o chamado cadastro reserva de pessoas, que serão preenchidas conforme as necessidades e critérios do próprio Conselho em questão. São duas as áreas de atuação onde serão distribuídas as vagas, ou seja, os já mencionados cargos nos departamentos de Assistente Administrativo e no departamento de Fiscal, destinados a atuarem no regime de trabalho que consiste nas 40 horas por semana, no interior da Capital Rio Branco e a remuneração inicial está na base de 1.500,00 reais. É importante notar que a exigência é de ensino médio completo, entretanto, profissionais com ensino superior também poderão inscrever-se, já que não foi feita qualquer observação a respeito.

O procedimento para a realização das inscrições compreende o seguinte processo:

Todas as pessoas interessadas em participar deste processo seletivo necessitarão preencher o cadastro até a meia noite do dia 21 do mês de maio de 2018, somente por meio da internet, acessando o site da banca organizadora: http://www.quadrix.org.br. A taxa cobrada pelo instituto tem um valor fixo de 55,00 reais. Em geral essa é a tabela fixa estipulada pelo instituto sobre quase todos os concursos que coordena.

O critério adotado para a realização das provas e o prazo de validade deste concurso serão os seguintes:

Todos os candidatos inscritos nesse certame serão submetidos a um exame que consiste em provas objetivas cujo caráter será eliminatório e classificatório, a qual deverá ser realizada no período máximo de três horas. Os exames estão agendados, a princípio, para o dia 24 do mês de junho de 2018. Entretanto, ainda não foram divulgados os locais onde as provas serão ministradas. Estas e outras informações oficiais sobre o concurso ainda serão devidamente publicadas em atualizações na própria página do Instituto Quadrix, em breve.

Com relação ao tempo válido, ou período de nomeações deste processo de seleção, serão dois anos computados desde a data da publicação da devida homologação do resultado definitivo, o qual poderá ser prorrogado somente por mais um período de tempo equivalente ao primeiro, conforme for conveniente para a administração.

Para consultar o edital oficial e as demais atualizações que necessariamente serão divulgadas, os interessados em participar precisam consultar o site: http://www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/crmvac2018.aspx.

Vale a pena conferir, já que se trata de cargos estáveis ofertados pelo Estado do Acre. Certamente é um concurso voltado para os cidadãos daquele estado. Entretanto, todas as pessoas em condições poderão participar. É importante manter-se informado sobre os demais procedimentos a serem estabelecidos.

Por Paulo Henrique dos Santos


Concurso prevê a contratação de 15 profissionais para cargos de Nível Médio e Superior de ensino.

Se você tem interesse de se tornar um servidor público, aproveite esta chance. O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP AL) informa que as inscrições de seu concurso 2018 estão abertas. Há vagas para profissionais com escolaridade de nível superior e médio. A remuneração pode chegar a R$ 4,4 mil. Saiba mais informações do certame a seguir.

Como posso me inscrever no processo seletivo do MP de Alagoas?

Quem está interessado em fazer parte da seleção do MP AL deve entrar no site fgvprojetos.fgv.br/concursos/mpal e preencher o formulário. Além disso, o candidato deve imprimir e pagar o boleto bancário. A última data para que o pagamento seja efetuado é no dia 25 de maio (sexta-feira).

As inscrições começaram em 2 de abril (segunda-feira) e ficarão abertas até o dia 23 de maio (quarta-feira).

As taxas custam entre R$ 80 e R$ 100, conforme o cargo de interesse. Aqueles que estiverem inscritos no Único para Programa Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou que forem doadores de sangue com regularidade podem solicitar isenção do pagamento da taxa de participação.

A banca escolhida como organizadora do terceiro certame do Ministério Público de Alagoas é a Fundação Getúlio Vargas (FGV),

Sobre as oportunidades disponíveis no MP de Alagoas

O edital prevê a contratação de 15 profissionais para os seguintes cargos: técnico do ministério público, que requer formação de nível médio, e analista do ministério público, para o qual exige-se graduação completa.

As áreas disponíveis para técnico são: geral e tecnologia da informação. A remuneração oferecida é de R$ 2,5 mil.

Caso você almeje a função de analista, saiba quais são as especialidades com vagas abertas: comunicação social, assistência social, gestão pública, contabilidade, administração de banco de dados, engenharia civil, direito, administração de rede, psicologia, desenvolvimento de sistemas, auditoria e biblioteconomia. O salário para quem iniciar na carreira de analista do MP de Alagoas é de R$ 4,4 mil.

A jornada de trabalho é de 40 horas por semana para todos os cargos.

Há chances exclusivas para pessoas com deficiência (PCD) que serão avaliadas na perícia médica e para concorrerem nessa condição devem apresentar laudo médico. Quem desejar ser cotista preto ou pardo pode se inscrever para vagas reservadas.

Esse concurso público também formará cadastro reserva para o preenchimento de outras vagas que surjam durante os 2 anos, que é o período de validade dessa seleção. Tal prazo ainda pode ser prorrogado por mesmo tempo a contar da data em que for homologado e a depender dos interesses da organização pública.

Quais são os requisitos exigidos?

Para ocupar os cargos de técnico e de analista do MP do estado de Alagoas, é necessário possuir comprovante de escolaridade compatível com a função. Além disso, exige-se ter nacionalidade brasileira, possuir 18 anos de idade, no mínimo, na data da posse, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, estar em dia com as obrigações militares, caso seja homem, ter aptidão física e mental, estar em pleno gozo dos direitos políticos, não possuir antecedentes criminais, entre outras exigências.

Sobre o concurso MP AL 2018

O processo seletivo do Ministério Público de Alagoas será constituído de uma única etapa: prova de múltipla escolha com 80 questões. Os candidatos deverão responder à avaliação objetiva em 4h. Nesse tempo, os concorrentes também devem realizar a marcação do cartão de respostas, pois não haverá tempo adicional.

A data prevista para realização da prova é no dia 8 de julho (domingo), no turno da manhã para os candidatos aos cargos de nível médio e pela manhã para os que pretendem exercer as funções de nível superior. As provas serão aplicadas na cidade de Maceió, capital do estado.

Para o cargo de técnico as disciplinas cobradas são: noções de direito constitucional, legislação específica, português e conhecimentos específicos.

Mais informações do edital podem ser consultadas no site da FGV (fgvprojetos.fgv.br/concursos/mpal).

Por Melisse V.


Foram solicitadas 697 vagas para os cargos de Técnico Administrativo (68 vagas), Técnico em Regulação e em Vigilância Sanitária (48 vagas), Analista Administrativo (68 vagas) e Especialista em Regulação e em Vigilância Sanitária (457 vagas).

Uma excelente notícia para quem aguarda mais concursos públicos para 2018. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, estará em breve abrindo o seu mais novo certame. Conforme informações, a autarquia confirmou uma solicitação de concurso do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, com um total de 697 vagas para cargos tanto em nível superior como médio.

Conforme a solicitação, as oportunidades seriam destinadas para as funções de Técnico Administrativo (68 vagas), Técnico em Regulação e em Vigilância Sanitária (48 vagas), Analista Administrativo (68 vagas) e Especialista em Regulação e em Vigilância Sanitária (457 vagas).

A expectativa agora é de que o edital tenha a sua autorização muito em breve. De acordo com dados de pesquisa, uma solicitação para a realização de concurso já havia sido enviada pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal, o CAS, no dia 29 de março de 2017. Na ocasião, o mesmo número de vagas já havia sido divulgado, de forma a equilibrar a situação atual.

Déficit de Pessoal

Atualmente, a Anvisa tem um déficit de 957 vagas, explicado principalmente pelo elevado número de aposentadorias anunciadas recentemente. E esse número tende a aumentar com a reforma da Previdência, já que quem possuir os requisitos para se afastar do trabalho, provavelmente o garantirá nas condições e no momento ideal.

Com isso, a preocupação é de que não haja equilíbrio entre as funções que precisam ser desenvolvidas e o número de pessoas para desempenhá-las, perdendo um grande número de força de conhecimento e de trabalho. Sendo assim, conforme os números divulgados pelo novo certame em tramitação, essa quantidade de oportunidades divulgadas para o concurso ainda não seria o suficiente.

Concurso da Anvisa 2018

A solicitação do certame da Anvisa foi feito pela atual presidente do Senado Marta Suplicy, do PMDB de São Paulo. Conforme a senadora, a intenção com o concurso é de fortalecer a agência, dando maior segurança ao consumidor brasileiro na hora em que esse procurar algum dos serviços prestados por ela.

Para Suplicy, atualmente a Anvisa é uma das instituições mais presentes e confiáveis no segmento dos remédios, por exemplo. Em termos da importância na saúde pública e de demanda para o povo brasileiro, seria feito, portanto, um documento que pediria pelo concurso, encaminhando-o ao Planejamento.

O Último Concurso da Anvisa

O último concurso da Anvisa ocorreu no ano de 2013, quando foram divulgadas 314 oportunidades. Desse total, 186 foram para o ensino superior (especialista em regulação e vigilância sanitária e analista administrativo) e 128 para ensino médio (técnico administrativo e técnico em regulação e em vigilância sanitária).

A organização foi feita pelo Cetro Concursos. As oportunidades foram destinadas para diversas cidades, como: Aracaju (SE), São Paulo (SP), Belém (PA), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Cuiabá (MT), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Fortaleza (CE), Macapá (AP), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Natal (RN), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Rio Branco (AC), Salvador (BA), Teresina (PI), Vitória (ES) e São Luís (MA).

E em 2016, foi realizado um concurso voltado para vagas em nível médio. O certame contou com 78 oportunidades para a função de Técnico Administrativo.

Desse quantitativo de vagas que foram oferecidas, 4 foram reservadas para pessoas que possuíam alguma necessidade especial. Além disso, outras 16 foram destinadas para candidatos que se declararam pardos ou negros.

A organização do concurso ficou a cargo do Cebraspe, também conhecido pelo antigo nome de Cespe.

A Anvisa

Criada no ano de 1999, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária é uma autarquia que funciona sob um regime especial, sem atuação em um setor específico da economia, mas em todos os que são relacionados a serviços e produtos que afetam a saúde e qualidade de vida da população brasileira.

Por isso a sua importância na vida do consumidor. Ela garante os direitos e representa o cidadão, agindo em seu favor.

Por Kellen Kunz


Concurso oferta vagas de emprego para cargos de Técnico e Analista Judiciário.

Se você estava esperando o lançamento do edital para um bom certame, saiba que o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, que corresponde à área de Campinas, no Estado de São Paulo, anuncia a abertura das inscrições para seu próximo concurso. As chances são para profissionais com escolaridade de nível superior e médio. Confira mais detalhes do processo seletivo a seguir.

Sobre as oportunidades

Há vagas para quem tem formação de nível médio, para ocupar o cargo de técnico judiciário das seguintes áreas: administrativa, apoio especializado em enfermagem e da especialidade de segurança. A remuneração varia entre R$ 6.708,53 e R$ 7.766,18.

Já para quem concluiu a graduação, há chances para analista judiciário dos seguintes segmentos: judiciário, administrativo, oficial de justiça avaliador federal, apoio especializado em medicina, arquitetura, história, odontologia, psicologia e medicina psiquiátrica. Os valores dos vencimentos vão de R$ 11.006,83 até R$ 12.742,14.

Além das vagas previstas no edital, haverá formação de cadastro reserva.

Quem for portador de necessidades especiais (PNE) poderá concorrer a vagas exclusivas, mas deve também ser aprovado na perícia médica. Caso você deseje concorrer às vagas reservadas a candidatos negros ou pardos, lembre-se de informar no ato da inscrição.

Como devo me cadastrar na seleção do TRT 15ª?

Os interessados em participar do concurso do TRT de Campinas devem acessar o endereço eletrônico da banca responsável pela organização do certame, a Fundação Carlos Chagas (FCC) – www.concursosfcc.com.br/concursos/trt15117/index.html. É necessário preencher o formulário de cadastro e efetuar o pagamento da inscrição que custa R$ 80 para as funções de nível médio e R$ 95 para as que exigem nível superior. O pagamento da Guia de Recolhimento da União deverá ser realizado exclusivamente nas agências do Banco do Brasil. Caso você seja correntista, pode quitar o boleto pela internet no site do banco ou no aplicativo dessa instituição financeira.

O prazo de inscrição teve início em 14 de março (quarta-feira) e se estenderá até o dia 4 de abril (quarta-feira).

Se você é registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) poderá solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Sobre as atribuições

As responsabilidades do cargo de analista judiciário da área administrativa são: digitar expedientes, oferecer suporte técnico, realizar pesquisas na legislação, analisar processos, verificar prazos processuais, entre outras atividades.

Por sua vez, o técnico judiciário da área administrativa da especialidade de segurança tem por atribuição: realizar investigações preliminares, atuar na segurança dos juízes, controlar a entrada e a saída de equipamentos e materiais, conduzir veículos, prestar primeiros socorros, entre outras tarefas.

Sobre as provas

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, aplicável para todos os cargos; 2) prova discursiva – que pode ser redação ou estudo de caso; 3) prova de aptidão física e 4) curso de formação.

A avaliação de múltipla escolha está prevista para ocorrer no dia 27 de maio (domingo) no período da manhã para os concorrentes ao cargo de analista e à tarde para os interessados no cargo de técnico judiciário.

Nessa primeira etapa, as disciplinas cobradas em conhecimentos básicos para todos os cargos são: regimento interno, Noções sobre Direitos das Pessoas com deficiência e português.

O teste de aptidão física ocorrerá na data provável de 23 de setembro (domingo), no município de Campinas.

Mais detalhes

Para saber outras informações do certame, acesse o portal eletrônico da FCC www.concursosfcc.com.br/concursos/trt15117/index.html. Caso você tenha alguma dúvida, poderá entrar em contato com a central dos candidatos. Anote o número: (11) 3723-4388.

Aproveite a oportunidade de ser aprovado em um concurso e se tornar um servidor público. O regime de contratação é estatutário.


Concurso oferta 100 vagas para o cargo de Delegado no Rio Grande do Sul.

Se você é do estado do Rio Grande do Sul e está na expectativa por novas informações sobre um possível concurso público da Polícia Civil, as notícias que chegam são muito animadoras. É que já foi publicado o edital de abertura do certame que vai disponibilizar 100 vagas. Continue lendo este artigo e saiba de todas as informações sobre este novo concurso da Polícia Civil – RS.

É isso mesmo, um novo concurso público da Polícia Civil do estado do Rio Grande do Sul será realizado neste ano de 2018.

O edital de abertura do concurso foi oficialmente publicado aos interessados no Diário Oficial do Estado, no dia 22 do mês de fevereiro. De acordo com o documento será disponibilizado para a concorrência o total de 100 vagas, todas para o cargo de Delegado.

Ainda segundo o edital de abertura deste novo concurso a empresa contratada para organizar e executar o certame foi a Fundatec, que é a Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências, que realizarão concurso por meio de etapas.

Do total de oportunidades para a carreira de delegado 10 serão exclusivas para candidatos que possuem deficiências. Outras 16 serão para candidatos declarados pardos e negros.

Assim, os interessados em entrar para a concorrência de uma vaga no cargo de delegado de polícia, devem possuir diploma de nível superior, sendo este de bacharel em Direito. É requisito que a instituição de ensino superior onde foi cursado possua o reconhecimento e registro do MEC. Também é necessário que o candidato possua experiência mínima na carreira jurídica ou policial de três anos, além de CHH de categoria “B”.

Todos os requisitos estão informados no edital de abertura do certame. Dessa forma, antes de realizar a sua inscrição leia o edital.

Um profissional que atue no cargo de delegado da Polícia Civil recebe uma remuneração inicial no valor de R$ 20.353,06, pelo cumprimento de uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Quem desejar se inscrever e concorrer a uma das vagas, as inscrições já se encontram abertas. O prazo final para inscrever-se é o dia 27 do mês de março.

Para se inscrever basta acessar o endereço eletrônico da banca organizadora, sendo ele www.fundatec.org.br.

Os candidatos devem pagar uma taxa de inscrição cujo valor é de R$ 187,77.

Nesse sentido, quem realizar a sua inscrição deverá participar de um processo de seleção composto por várias etapas. São elas:

– Provas de Conhecimentos gerias e específicos;

– Avaliação de Capacitação Física;

– Avaliação da Vida Pregressa e Atual;

– Avaliações de Saúde;

– Testes de Aptidão Psicológica;

– Prova Oral;

– Análise de Títulos;

– Realização do curso de Formação Profissional.

A primeira prova do concurso, que é de capacitação intelectual está prevista para o dia 20 do mês de maio. Os locais e horários para sua realização serão divulgados a partir do dia 11 do mês de maio.

O gabarito preliminar desta primeira etapa será publicado no site da banca organizadora no dia 22 do mês de maio.

Todo o conteúdo pragmático a ser cobrado na prova pode ser conferido também no edital do certame.

O concurso para o cargo de Delegado da Polícia Civil do estado do Rio Grande do Sul possui validade prevista para um período de dois anos, a partir do momento que o resultado final for publicado no Diário Oficial do Estado. Contudo, este período por ser prorrogado conforme haja necessidade e determinação da PC RS, por um período igual de dois anos.

Não perca essa excelente oportunidade de conseguir um cargo que lhe ofereça estabilidade e segurança, que estão tão em falta neste momento em que o país enfrenta uma forte crise na economia, que consequentemente diminui a oferta de vagas no mercado de trabalho.

Por Sirlene Montes


Certame oferta 1.300 vagas para o curso de Soldados de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

Muitos jovens brasileiros sonham em um dia conseguir se tornar membros da Marinha do Brasil. E se você se inclui nesse grupo, o seu sonho pode se tornar realidade. É que a Marinha do Brasil irá realizar um novo concurso público neste ano de 2018. De acordo com as informações, serão disponibilizadas mais de 1.000 vagas. Continue lendo este artigo e não perca essa oportunidade.

O Comando de Pessoal dos Fuzileiros Navais recentemente realizou a divulgação do edital de um novo concurso público que irá disponibilizar vagas para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais.

O edital foi publicado oficialmente no Diário Oficial da União, na data desta última terça-feira, dia 20 do mês de fevereiro.

De acordo com informações do documento, no certame serão ofertadas um total de 1.300 oportunidades.

Desse modo, quem estiver interessado em realizar o curso de Soldados de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil deve se inscrever a partir do dia 1º do mês de março até o dia 30 do mesmo mês deste ano de 2018.

Para isso, basta acessar o endereço eletrônico www.mar.mil.br/cgcfn, clicando no link intitulado como “concursos”.

Quem se inscrever para ter a sua inscrição efetuada com sucesso precisará pagar uma taxa no valor de R$30, que poderá ser paga em uma agência bancária de qualquer instituição financeira, até a data limite de 2 do mês de abril de 2018.

Pra se inscrever os candidatos precisam responder a alguns requisitos como ser do sexo masculino, com idade mínima de 18 anos e máxima de 21 anos, até o dia 1º do mês de janeiro do ano de 2019. Além disso, é preciso possui formação completa de ensino médio com um bom aproveitamento e por último possuir altura de no mínimo 1,54 m e altura máxima de 2,00 m. Ainda existem outros pré-requisitos, que os interessados devem verificar no edital do certame.

Desse total de vagas disponibilizadas para concorrência no concurso da Marinha do Brasil são voltadas para aqueles candidatos que vão escolher servir, depois da realização do curso, inicialmente no CIAMPA, que é o Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves.

O edital ainda informa que 1.060 vagas são voltadas para candidatos que sejam residentes das regiões Sudeste e Sul do Brasil, considerando a ordem em que os candidatos forem classificados. Já para os candidatos residentes das regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste são reservados o restante das vagas que é no número de 240.

Outro ponto informado no edital é que 20% do total de oportunidades é reservado para candidatos declarados negros.

Desse modo, os candidatos que conseguirem aprovação no Exame de Escolaridade, passando pelas demais fases que são a verificação dos Dados biográficos, a análise de Documentos, Inspeção do estado de Saúde, Teste de Suficiência Física e teste Psicológico, que serão matriculados como recruta fuzileiro navais.

O Exame de Escolaridade está previsto para acontecer no dia 29 do mês de maio do ano de 2017, às 10h, horário de Brasília. O CPesFN realizará a coordenação do exame, que será constituído por duas partes, sendo uma de matemática e português. Este exame também é de elaboração do CPesFN.

Os aprovados nos exames e testes irão realizar o curso que tem duração prevista para um período de 17 semanas e que será ministrado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves, cuja localização é no Rio de Janeiro e, também haverá realização do curso no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília.

Durante o período de realização o curso os alunos ficarão em regime de internato, onde se dedicarão exclusivamente ao curso, até a formatura. Desse modo, poderão contar com uma bolsa-auxílio no valor de R$ 800 para arcar com custos de suas despesas pessoais.

Ao término do curso os alunos serão nomeados soldados fuzileiros navais, e passarão a receber inicialmente R$ 1.587.

Por Sirlene Montes





CONTINUE NAVEGANDO: