Certame oferta vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Quem possui formação de nível superior em Ciências Jurídicas e tem interesse de seguir a carreira na área pública pode saber nessa matéria sobre uma excelente oportunidade de trabalho na região Sul do país. O Ministério Público Estadual do Paraná (MP PR) informa que estão abertas as inscrições para o certame que vai ocupar vagas de Promotor e oferece salário inicial de R$ 24 mil.

As inscrições terminarão no mês de novembro

As inscrições tiveram início em 8 de outubro (segunda-feira). Se você tem interesse em concorrer a uma das vagas deve acessar o portal eletrônico do MP PR (www.mppr.mp.br) e se cadastrar no concurso público. Além disso, você deve pagar o boleto que custa R$ 220. O prazo será encerrado em 6 de novembro (terça-feira).

Aqueles que possuam baixa renda e estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) podem ser isentos do pagamento da taxa.

A comissão que vai organizar o concurso é do próprio ministério público do estado.

Oferta de vagas no MP PR

O edital nº 1/2018 do certame do MP do Paraná oferece 10 vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto. A remuneração para quem iniciar nessa carreira é de R$ 24.818,90.

Há oportunidades reservadas para quem é portador de necessidade especial (PNE) e também para que é afrodescendente. Os primeiros devem apresentar laudo médico e os demais serão submetidos à entrevista.

Confira os requisitos

Para concorrer a uma das chances você deve ter colado grau no curso de Direito em faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), possuir 3 anos de atividade no ramo jurídico, no mínimo, possuir idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, estar quite com as exigências militares e eleitorais, não ter antecedentes criminais, ser considerado apto mental e fisicamente, entre outros.

Concurso MP PR contempla 6 fases

O processo seletivo é composto pelas seguintes etapas:

1) prova objetiva – com 5 grupos de questões e programada para o domingo, 13 de janeiro de 2019;

2) prova escrita – prevista para ocorrer entre os dias 18 e 22 de fevereiro de 2019, de segunda a sexta-feira, e contempla 5 outros grupos de disciplinas as quais devem ser respondidas por peça prática ou dissertação;

3) Exames médicos – a fim de avaliar a sanidade mental e física dos candidatos;

4) sindicância – sob a responsabilidade da Corregedoria Geral do Ministério Público do Estado do Paraná;

5) prova oral – a qual será gravada por vídeo e áudio e está prevista para ser aplicada entre os dias 5 e 16 de agosto de 2019 em local e horário a serem divulgados pela banca do certame;

6) prova de títulos – para a qual o concorrente deve entregar documentos comprobatórios para as seguintes atividades: aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), trabalhos jurídicos, exercício de magistério, exercício na carreira do Ministério Público, curso de doutorado, especialização ou mestrado, entre outras.

Saiba quais são as matérias cobradas na prova de múltipla escolha: direito eleitoral, penal, civil, constitucional, tributário, filosofia do direito, sociologia jurídica, previdenciário, processual civil, medicina legal, processo penal, direito do consumidor, direito sanitário, da infância e da juventude, execução penal, ambiental, entre outras disciplinas.

Mais informações sobre a seleção do MP do Paraná

O Ministério Público do estado do Paraná informa que o concurso será válido por até dois anos. Esse prazo, caso seja do interesse da instituição, será prorrogado, contando da data de homologação, uma única vez.

Não fique de fora. Acesse o site www.mppr.mp.br para se informar sobre mais detalhes do edital e aproveite para se cadastrar no concurso público do MP PR.

Por Melisse V.


Certame oferta 26 vagas para cargos de Nível Médio e Superior de escolaridade.

Se você estuda a fim de conquistar a tão sonhada estabilidade que a carreira pública proporciona, saiba aqui sobre uma ótima chance. No estado do Piauí, o Ministério Público (MP PI) anuncia que as inscrições para seu próximo certame serão encerradas nesta segunda-feira, dia 6 de agosto. São oferecidas 26 vagas para quem possuir escolaridade de nível médio e superior. A remuneração para os iniciantes na carreira pode chegar até R$ 6,2 mil. Confira mais detalhes sobre o concurso público do MP do Piauí na matéria a seguir.

Como posso me inscrever no certame do MP do Piauí?

Para se cadastrar no processo seletivo do Ministério Público do Piauí você deve acessar o portal da banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, também conhecido como CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/MP_PI_18). Você deve preencher o formulário eletrônico e realizar o pagamento do boleto bancário.

O prazo de inscrição começou no dia 18 de julho (quarta-feira) e permanecerá aberto até a segunda-feira, dia 6 de agosto. Não fique de fora dessa grande chance. Aproveite e faça já a sua inscrição no certame.

O valor das taxas varia entre R$ 90 e R$ 110. O pagamento poderá ser efetuado até o dia 5 de setembro (quarta-feira).

Quem é pessoa com necessidade especial (PNE), doador regular de sangue ou de medula óssea, estiver desempregado, pertencer à família de baixa renda, ou tenha trabalhado como mesário nas eleições pode solicitar isenção do pagamento.

Sobre as vagas oferecidas no MP PI

O edital oferece 26 vagas, sendo 17 para o cargo de técnico ministerial da área administrativa e 9 para a função de analista ministerial. As especialidades disponíveis para esse posto de trabalho são: engenharia civil, medicina, processual, psicologia e tecnologia da informação.

Há chances reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e também para quem se autodeclarar preto ou pardo.

O salário para quem ingressar na função de técnico, que exige ensino médio completo, é de R$ 4.023,03. Já a remuneração daqueles que forem aprovados como analista é de R$ 6.241,11. Para concorrer a essa função é necessário ter diploma de graduação emitido por instituição de ensino superior regular junto ao Ministério da Educação (MEC).

A jornada de trabalho semanal para todos os cargos é de 30 horas.

Sobre os requisitos e atribuições

Para tomar posse é necessário possuir escolaridade compatível com o cargo pretendido, estar em dia com as obrigações eleitorais, possuir no mínimo 18 anos de idade, estar em pleno gozo dos direitos políticos, possui aptidão física e mental, estar em dia com as exigências militares, se for do sexo masculino, entre outros.

Dentre as principais atribuições do cargo de técnico ministerial estão: prestar apoio administrativo à chefia imediata, auxiliar na elaboração, execução e avaliação de planos, projetos e programas da sua respectiva área, cumprir despachos, redigir atas, encaminhar documentos, entre outras tarefas.

O analista ministerial da área de tecnologia da informação deve realizar atividades referentes à análise e desenvolvimento de sistemas, realizar migrações de dados, monitorar utilização de bancos de dados, entre outras responsabilidades.

Sobre as etapas do concurso público do MP PI

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 120 quesitos no padrão "certo ou errado" conhecido do CEBRASPE; 2) prova discursiva – de até 30 linhas e exclusivamente para os concorrentes ao posto de analista.

A data prevista para aplicação das provas é no dia 23 de setembro (domingo), no turno da manhã para analista e à tarde para técnico. Os candidatos ao cargo de nível médio terão 4 horas disponíveis para responderem às questões, enquanto que os pretendentes à função de analista farão em 5 horas.

Para saber outros detalhes do edital, acesse o portal eletrônico do CEBRASPE (www.cespe.unb.br/concursos/MP_PI_18).

Por Melisse V.


Certame oferta 60 vagas de emprego para o cargo de Analista Jurídico.

Novo certame público está aberto. Trata-se do processo seletivo promovido pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, cujo período de inscrições iniciou no dia 24 de julho e se estenderá até o dia 22 de agosto. O edital em questão está programado para o preenchimento de 60 postos de trabalho, destinados ao cargo de Analista Jurídico. Outra informação importante é a de que, de acordo com o mesmo documento publicado, a banca organizadora será a Fundação Para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista, ou VUNESP. Será formado o chamado cadastro reserva de pessoas para o preenchimento vindouro de cargos futuramente disponíveis, ou que sejam criados ao longo do tempo de validade deste processo de seleção.

Sobre a quantidade de vagas, as informações são as seguintes: 10% delas serão previamente reservadas aos concorrentes portadores de deficiência e mais 20% reservadas aos candidatos afrodescendentes.

Esta função possui uma carga horária de serviço em regime de 40 horas por semana. Sobre a remuneração inicial, a mesma compõe um valor básico para o cargo em questão, chegando a 4.527,78 reais, suplementando pela Gratificação de Promotoria, a GP, no valor de 3.169,45 reais, o que totaliza um salário no valor de 7.697,23 reais. Há, ainda, os devidos benefícios que se acrescentam, ou seja, o auxílio-alimentação no valor de 920,00 reais e o auxílio-transporte no valor de 13,92 reais.

Este novo certame promovido pelo Ministério Público de São Paulo, 2018, destinado ao cargo de Analista Jurídico contemplará oportunidades de vagas para Capital paulistas e para a Grande São Paulo I, II e III; além do município de Araçatuba; em Bauru; em Campinas; em Franca; em Piracicaba; em Ribeirão Preto; em Santos; em São José do Rio Preto; em Sorocaba; em Taubaté; e no Vale do Ribeira. Em cada uma das localidades serão ofertadas cinco vagas, totalizando os 60 postos.

Todos os interessados em participar deste processo de seleção deverão preencher os seguintes pré-requisitos:

1 – Escolaridade em nível superior; 2 – Possuir habilitação legal e específica com curso superior em Bacharel na área de Direito e o certificado devidamente reconhecido; 3 – Não será necessária experiência profissional na área; 4 – Não será necessário possuir o registro profissional em órgão de classe competente; 5 – Estar disponível para atuar em uma jornada de trabalho completa, com quarenta horas por semana.

O período de inscrição para este Concurso MP-SP de 2018, destinado ao cargo de Analista Jurídico, está organizado do seguinte modo:

O prazo iniciou às 08h do dia 24 do mês de julho e estender-se-á até às 23h59, exatamente, do dia 22 do mês de agosto de 2018. Será necessário acessar o endereço eletrônico oficial da banca organizadora contratada, ou seja, a Fundação VUNESP: https://vunesp.com.br. A taxa cobrada para a inscrição está estipulada no valor de 120 reais.

Sobre as fases que compõem o itinerário desse processo seletivo, as informações são as seguintes:

O processo consistirá em provas objetivas destinadas à aferição de conhecimentos gerais, específicos e sobre as habilidades, por meio da realização das mesmas Provas Objetivas com questões em múltipla escolha e, também, por meio da Prova Escrita e da Prova Discursiva (redação), e ambos os testes serão de caráter eliminatório e classificatório neste processo.

A realização das provas objetivas, escritas e discursivas se dará nos seguintes municípios: na Capital paulista e na Grande São Paulo; em Araçatuba; em Bauru; em Campinas; em Franca; em Piracicaba; em Presidente Prudente; em Ribeirão Preto; em Santos; em São José do Rio Preto; em Sorocaba; em Taubaté e no Vale do Paraíba.

A primeira etapa, da prova objetiva, ocorrerá no dia 30 de setembro de 2018, e a segunda etapa, das provas escrita e discursiva, está agendada para o dia 25 de novembro de 2018.

Por Paulo Henrique dos Santos


Concurso prevê a contratação de 15 profissionais para cargos de Nível Médio e Superior de ensino.

Se você tem interesse de se tornar um servidor público, aproveite esta chance. O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP AL) informa que as inscrições de seu concurso 2018 estão abertas. Há vagas para profissionais com escolaridade de nível superior e médio. A remuneração pode chegar a R$ 4,4 mil. Saiba mais informações do certame a seguir.

Como posso me inscrever no processo seletivo do MP de Alagoas?

Quem está interessado em fazer parte da seleção do MP AL deve entrar no site fgvprojetos.fgv.br/concursos/mpal e preencher o formulário. Além disso, o candidato deve imprimir e pagar o boleto bancário. A última data para que o pagamento seja efetuado é no dia 25 de maio (sexta-feira).

As inscrições começaram em 2 de abril (segunda-feira) e ficarão abertas até o dia 23 de maio (quarta-feira).

As taxas custam entre R$ 80 e R$ 100, conforme o cargo de interesse. Aqueles que estiverem inscritos no Único para Programa Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou que forem doadores de sangue com regularidade podem solicitar isenção do pagamento da taxa de participação.

A banca escolhida como organizadora do terceiro certame do Ministério Público de Alagoas é a Fundação Getúlio Vargas (FGV),

Sobre as oportunidades disponíveis no MP de Alagoas

O edital prevê a contratação de 15 profissionais para os seguintes cargos: técnico do ministério público, que requer formação de nível médio, e analista do ministério público, para o qual exige-se graduação completa.

As áreas disponíveis para técnico são: geral e tecnologia da informação. A remuneração oferecida é de R$ 2,5 mil.

Caso você almeje a função de analista, saiba quais são as especialidades com vagas abertas: comunicação social, assistência social, gestão pública, contabilidade, administração de banco de dados, engenharia civil, direito, administração de rede, psicologia, desenvolvimento de sistemas, auditoria e biblioteconomia. O salário para quem iniciar na carreira de analista do MP de Alagoas é de R$ 4,4 mil.

A jornada de trabalho é de 40 horas por semana para todos os cargos.

Há chances exclusivas para pessoas com deficiência (PCD) que serão avaliadas na perícia médica e para concorrerem nessa condição devem apresentar laudo médico. Quem desejar ser cotista preto ou pardo pode se inscrever para vagas reservadas.

Esse concurso público também formará cadastro reserva para o preenchimento de outras vagas que surjam durante os 2 anos, que é o período de validade dessa seleção. Tal prazo ainda pode ser prorrogado por mesmo tempo a contar da data em que for homologado e a depender dos interesses da organização pública.

Quais são os requisitos exigidos?

Para ocupar os cargos de técnico e de analista do MP do estado de Alagoas, é necessário possuir comprovante de escolaridade compatível com a função. Além disso, exige-se ter nacionalidade brasileira, possuir 18 anos de idade, no mínimo, na data da posse, estar em dia com as obrigações da justiça eleitoral, estar em dia com as obrigações militares, caso seja homem, ter aptidão física e mental, estar em pleno gozo dos direitos políticos, não possuir antecedentes criminais, entre outras exigências.

Sobre o concurso MP AL 2018

O processo seletivo do Ministério Público de Alagoas será constituído de uma única etapa: prova de múltipla escolha com 80 questões. Os candidatos deverão responder à avaliação objetiva em 4h. Nesse tempo, os concorrentes também devem realizar a marcação do cartão de respostas, pois não haverá tempo adicional.

A data prevista para realização da prova é no dia 8 de julho (domingo), no turno da manhã para os candidatos aos cargos de nível médio e pela manhã para os que pretendem exercer as funções de nível superior. As provas serão aplicadas na cidade de Maceió, capital do estado.

Para o cargo de técnico as disciplinas cobradas são: noções de direito constitucional, legislação específica, português e conhecimentos específicos.

Mais informações do edital podem ser consultadas no site da FGV (fgvprojetos.fgv.br/concursos/mpal).

Por Melisse V.





CONTINUE NAVEGANDO: